Ciro Nogueira pede moderação e autonomia
Senador Ciro Nogueira (PP-PI). Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado

Múltiplas fontes no Palácio do Planalto afirmaram à Arko Advice que o novo Ministro-Chefe da Casa Civil, Ciro Nogueira, pediu ao Presidente Jair Bolsonaro espaço para articular com o Congresso Nacional e moderação no tom, considerado bélico pelo Senador.

Ciro entende que há viabilidade eleitoral para Bolsonaro em 2022, mas que o momento é de reconquistar eleitores, principalmente na classe média urbana, e diminuir a rejeição ao Presidente.

No Palácio a expectativa é que Bolsonaro siga o conselho do novo Ministro, mas com ressalvas.

“O presidente tem batalhas que Ciro já entendeu que não há muito espaço para negociação, como o voto impresso. No entanto, pesquisas internas mostram que boa parte da população é a favor, então mesmo que não seja aprovada, é uma narrativa sem prejuízo eleitoral”, afirmou um assessor palaciano.

A moderação pedida por Ciro Nogueira deve vir na forma de um comportamento mais previsível, sem entrevistas surpresas que gerem desconforto, e nos pontos que a ala política do Governo julgam ser chaves para o futuro eleitoral de Bolsonaro: vacina, emprego, bolsa família e 5G.

“Fábio Faria e Arthur Lira batem nessa tecla. Agora, Ciro Nogueira também. Mas de dentro do Palácio e com o cargo de Ministro Chefe da Casa Civil. A trinca tentará convencer Bolsonaro a focar cada vez mais em falar da vacina, comunicar a retomada de empregos e a implementação do 5G, que no meio de 2022 pode estar funcionando nas capitais”, afirmou o assessor.


Cliente Arko fica sabendo primeiro

Assine o Arko Private, serviço Arko para pessoa física, e tenha acesso exclusivo a um canal privado de interatividade e alertas em tempo real, além de relatórios, Lives Exclusivas e eventos especiais com figuras notáveis da nossa rede de contatos.