Início » Tabela de contribuição INSS 2024: veja até que valor podem descontar do seu salário
DestaqueEconomia
A+A-
Reset

Tabela de contribuição INSS 2024: veja até que valor podem descontar do seu salário

As alíquotas do INSS são progressivas e variam entre 7,5% e 14%

A nova tabela de contribuição do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) de 2024 já está disponível para consulta. As alíquotas são progressivas e variam entre 7,5% e 14%. Além disso, o governo já considera o novo salário mínimo, que é no valor de R$ 1.412.

O reajuste já está em vigência. Portanto, o novo desconto será feito, a partir de fevereiro, nos contracheques dos empregados domésticos, trabalhadores da iniciativa privada, bem como contribuintes avulsos que recolhem mensalmente .

Leia mais! REAJUSTE DE BENEFÍCIOS DO INSS JÁ PODE SER CONSULTADO

O novo teto do instituto, com a atualização dos valores, para os trabalhadores em regime de CLT é de R$ 908,85. Porém, para autônomos, a contribuição continua com alíquota de 11%. Nesse sentido, o teto é de R$ 856,46.

INSS

Foto: reprodução/OBrasilianista

Servidores públicos

Leia mais! COMISSÃO APROVA NOVOS PRAZOS PARA INSS ANALISAR BENEFÍCIOS

Os servidores públicos também terão ajuste no teto. Mas, como eles respondem ao Regime Próprio de Previdência Social (RPPS), o cálculo da contribuição para o INSS tem como base as alíquotas progressivas. Portanto, elas variam de 7,5% a 22%.

INSS

Foto: reprodução/OBrasilianista

 

Benefícios INSS

Governo Federal reajustou em 3,71% os benefícios do instituto acima de um salário mínimo. Portanto, o teto do INSS terá acréscimo de R$ 278,52, passando de R$ 7.507,49 para R$ 7.786,01 em 2024. A portaria foi publicada, no dia 12 de janeiro, no Diário Oficial da União.

Leia mais! PREVIDÊNCIA REDUZ TETO DE JUROS DO CONSIGNADO PARA BENEFICIÁRIOS DO INSS

O INSS começará a pagar os benefícios de janeiro a partir do fim deste mês. De acordo com o calendário, quem ganha um salário mínimo – aposentados, pensionistas, bem como auxílios – receberá o valor entre 25 de janeiro e 7 de fevereiro. Mas quem recebe além do mínimo terá o benefício depositado entre 1º e 7 de fevereiro.

Usamos cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Ao clicar em "Aceitar", você concorda com o uso de cookies. Aceitar Saiba mais

-
00:00
00:00
Update Required Flash plugin
-
00:00
00:00