Ônibus em Brasília (DF). Foto: Toninho Tavares/Agência Brasília.

O aumento de 24,9% no preço do diesel, anunciado pela Petrobras, pode elevar em até 6,6% os custos de operação do sistema de transporte público coletivo no Brasil, de acordo com nota enviada à imprensa pela Frente Nacional dos Prefeitos (FNP).

A FNP defende que, diante disso e do aumento acumulado no preço do diesel, seja aprovada a urgência urgente do projeto que propõe que a União seja responsável pelo custeio da gratuidade oferecida aos idosos com mais de 65 anos. O projeto foi aprovado pelo Senado e aguarda análise da Câmara.

O projeto tem um amplo apelo popular, na avaliação dos municípios, e é uma forma de evitar aumentos. Sem o subsídio previsto pela legislação, aprovada por unanimidade no Senado, os aumentos são tidos como inevitáveis.

O impacto do projeto nas contas públicas foi calculado pelo relator da matéria no Senado, Eduardo Braga (MDB-AM), em R$ 5 bilhões.

Autor

  • Jornalista pela Universidade Católica de Brasília. Nascida em Brasília-DF, tem passagem como repórter na Rádio Senado. No site O Brasilianista cobre política e economia.