Início » Lula espera que Catar diversifique investimentos no Brasil
DestaquePolítica
A+A-
Reset

Lula espera que Catar diversifique investimentos no Brasil

O presidente Lula participou do Fórum Econômico Brasil – Catar: Oportunidades e Negócios, em Doha. Na ocasião, Lula reforçou o interesse em estreitar relações comerciais com o país. Mas também ao mesmo tempo espera que o Catar diversifique os investimentos no Brasil. O discurso ocorreu nesta quinta-feira (30).

– Há amplo espaço para diversificação de nossa pauta comercial com produtos de maior valor agregado, como autopeças, produtos de defesa e aeronaves da Embraer – diz Lula.

Presidente Lula acompanhado do Emir do Catar, Xeque Tamim bin Hamad al-Thani, durante cerimônia oficial de chegada.

Atualmente, o comércio bilateral entre Catar e Brasil cresceu para R$ 1,6 bilhão de dólares. Foto: Ricardo Stuckert / PR

– Queremos olhar juntos para o futuro e atrair uma nova onda de investimento para o Brasil. O nosso comércio bilateral cresceu de maneira exponencial, passando de cerca de 38 milhões de dólares em 2003 para os atuais 1,6 bilhão de dólares. O Catar é, atualmente, uma de nossas principais portas de entrada para negócios com o Oriente Médio e conta com vibrante empresariado com intenso interesse pelo Brasil – completou.

Leia mais! Ingresso da Bolívia ao Mercosul é aprovado. Texto vai à promulgação

Lula ressaltou que enxerga boas oportunidades nos campos de defesa, aviação e autopeças.

– Há amplo espaço para diversificação de nossa pauta comercial com produtos de maior valor agregado, como autopeças, produtos de defesa e aeronaves da EMBRAER – como o C-390 que me trouxe a Doha – defendeu Lula.

Novo PAC

Durante o evento, o ministro-chefe da Casa Civil, Rui Costa, apresentou, a empresários e líderes do Catar, os investimentos de US$ 347 bilhões de dólares previstos em infraestrutura via Novo PAC. Com isso, ele destacou a agenda verde e explicou como o país já trabalha na transição para uma economia sustentável.

Ministro-chefe da Casa Civil, Rui Costa, do governo Lula anunciando o Novo PAC.

Os investimentos em infraestrutura esperados via Novo PAC é de US$ 347 bilhões de dólares. Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil

Rui Costa também destacou as oportunidades de investimento no Brasil em áreas como ferrovias, rodovias, hidrovias, bem como portos e aeroportos. Além disso, falou sobre sua perspectiva de recuperar 40 milhões de hectares para dobrar a produção de alimentos em dez anos.

Sustentabilidade

O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, por fim, exaltou a capacidade de atração de investimentos do Brasil em projetos ligados à sustentabilidade.

Leia mais! Recados da base – Análise

– O Brasil pode ser o país com melhores condições de investimentos sustentável no mundo, tanto do ponto de vista social quanto do ponto vista ambiental – pontuou Haddad.

Ministro da Fazenda, Fernando Haddad, no governo Lula.

Ministro da Fazenda, Fernando Haddad – Foto: Diogo Zacarias/MF

Ainda, de acordo com suas expectativas de Haddad, a viagem ao Catar tem boas chances de atrair novos parceiros para o Brasil, como foi na Arábia Saudita.

– São quase 50 bilhões de reais que a Arábia Saudita pretende investir no Brasil. Isso vai melhorar logística, produtividade da economia brasileira, gerar empregos. Com o Catar estamos começando uma negociação. No caso da Arábia Saudita já está adiantada e o fundo que o Reino pretende constituir já está em curso. O Catar é boa promessa – finalizou Haddad.

 

Usamos cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Ao clicar em "Aceitar", você concorda com o uso de cookies. Aceitar Saiba mais

-
00:00
00:00
Update Required Flash plugin
-
00:00
00:00