Início » Ingresso da Bolívia ao Mercosul é aprovado. Texto vai à promulgação
Economia
A+A-
Reset

Ingresso da Bolívia ao Mercosul é aprovado. Texto vai à promulgação

O Plenário aprovou o projeto de decreto legislativo (PDL 380/2023), que autoriza o ingresso da Bolívia ao Mercosul. O texto segue para promulgação. Assim, os senadores também validaram o requerimento que cria uma comissão temporária para verificar in loco a situação política e social da Bolívia.

Ao todo, cindo membros titulares comporão o grupo. Além disso, eles permanecerão por 180 dias no país. Portanto, cumprirão com a cláusula democrática do Mercosul (RQS 1.067/2023).

Bolívia ainda precisa ter a aprovação dos Parlamentos dos todos os integrantes do Mercosul

Bolívia ainda precisa ter a aprovação dos Parlamentos dos todos os integrantes do Mercosul – Fonte: divulgação/Agência CNI de notícias

Atualmente, o Mercosul conta com Brasil, Argentina, Paraguai, Uruguai e Venezuela. O protocolo de adesão da Bolívia ao Mercosul, celebrado em julho de 2015, foi aprovado na Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional (CRE) em 23 de novembro. Na ocasião, o senador Chico Rodrigues (PSB-RR) foi o relator.

Durante o debate, os senadores de oposição mudaram os votos com a condição de que uma comitiva da CRE visitasse a Bolívia para verificar a situação de presos políticos.

Leia mais! Acordo do Mercosul aumentará a previsibilidade do ambiente de negócios, diz Alckmin

O vice-presidente da CRE, senador Cid Gomes (PDT-CE), foi o autor do requerimento de criação da comissão temporária. De acordo com ele, após longo debate, eles conseguiram chegar em um consenso para os integrantes da CRE votem favorável ao ingresso da Bolívia ao Mercosul.

Bandeira do Brasil e do Mercosul

Bandeira do Brasil e do Mercosul – Foto: Marcos Oliveira/Senado Federal

– Eu me comprometi a apresentar o Requerimento 1.067/2023 pedindo que seja feita a criação de uma comissão de senadores para tratar de assuntos sobre o tema discutidos na comissão – afirmou o senador.

Integração Bolívia e Mercosul

O senador Chico Rodrigues, em seu relatório, destaca a relevância da entrada da Bolívia no Mercosul.

– O ingresso da Bolívia já é há muito tempo esperado e dará impulso à integração regional. A entrada definitiva do país otimizará o comércio e a cooperação com Estado que possui população de mais de 12 milhões de pessoas e produto interno bruto na ordem de US$ 41 bilhões”, explicou.

Leia mais! Acordo Mercosul e União Europeia está maduro, afirma Alckmin

Ainda, Chico Rodrigues destacou que a Bolívia possui reservas significativas de gás, lítio e outros minerais de elevado valor estratégico.

– Não menos importante é a abertura ou ampliação de mercado para as empresas brasileiras, com a possibilidade de uso de energia mais barata – pontuou.

Mercosul

Gráfico econômico entre Bolívia e Mercosul – Arte: Agência Senado

Bloco econômico

A Argentina, o Brasil, o Paraguai e o Uruguai criaram o Mercosul em 1991. O ingresso da Venezuela no bloco econômico foi em 2006. Contudo, a participação do país no grupo está suspensa desde 2017. Afinal, existem denúncias de possíveis desrespeitos à democracia, cláusula fundamental do grupo.

Usamos cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Ao clicar em "Aceitar", você concorda com o uso de cookies. Aceitar Saiba mais

-
00:00
00:00
Update Required Flash plugin
-
00:00
00:00