Início » Lula apresenta projetos de investimentos na Arábia Saudita
Economia
A+A-
Reset

Lula apresenta projetos de investimentos na Arábia Saudita

O presidente Lula participará de uma reunião com o príncipe herdeiro Mohammed bin Salman, que cumpre as funções de chefe de Estado. O encontro ocorrerá na tarde desta terça-feira (28), na capital da Arábia Saudita. A reunião contará com a participação de ministros, mas também com empresários brasileiros e sauditas.

Lula, que viajou à Arábia Saudita, faz discurso sobre economia no Brasil

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Lula, por meio de redes sociais, disse que apresentará projetos de investimento no Brasil. O objetivo é aumentar as relações comerciais e de parceria, entre Brasil e Arábia Saudita, sobretudo nos setores de energia, de agricultura, bem da indústria.

– Também vamos apresentar os projetos do Novo PAC para investimentos em infraestrutura – escreveu Lula.

Leia mais! Novembro: prévia da inflação oficial fica acima do mês passado

Nesta quarta-feira (29), Lula cumpre agenda em dois eventos empresariais. Nesse sentido, ambos possuem o intuito de promover produtos da empresa brasileira Embraer. O outro é referente a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (ApexBrasil).

Com isso, o Brasil tem expectativa de incremento dos investimentos sauditas nos próximos anos. De acordo com o Itamaraty, em outubro de 2019, houve a intenção de se investir aproximadamente US$ 10 bilhões de dólares, parte dos quais já vêm sendo investidos.

Lula desembarca na Arábia Saudita e aperta mão de autoridade saudita

Presidente Lula durante cerimônia oficial de chegada na Arabia Saudita – Foto: Ricardo Stuckert / PR

COP 28

Depois da capital saudita, Lula seguirá para o Catar, em Doha. Após a visita ao Oriente Médio, Lula irá para Dubai, nos Emirados Árabes, para participar da 28ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudança do Clima (COP 28).

Leia mais! Sabesp: Tarcísio critica greve contra privatização

Durante sua participação, o Brasil deverá endossar o compromisso de manter o aumento da temperatura média global em 1,5°C acima dos níveis pré-industriais. Além disso, cobrará recursos para reparação e para uma transição justa para os países em desenvolvimento.

Segundo a agenda do presidente, a comitiva de Lula deixará a COP 28, no dia 2 de dezembro, rumo à Alemanha. Lula se reunirá com o presidente, Frank-Walter Steinmeier, e com o primeiro-ministro, Olaf Scholz. O país defende o acordo Mercosul-União Europeia.

Usamos cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Ao clicar em "Aceitar", você concorda com o uso de cookies. Aceitar Saiba mais

-
00:00
00:00
Update Required Flash plugin
-
00:00
00:00