Foto: Elza Fiuza/Agência Brasil

Levantamento da Arko Advice a uma semana do primeiro turno das eleições municipais aponta que DEM e PSDB devem disputar o posto de partido a eleger o maior número de prefeitos nas capitais.

Apesar de a possível vitória do PSDB em São Paulo ser um fato simbolicamente importante, as capitais em que o DEM desponta como favorito (Salvador, Rio de Janeiro, Curitiba e Florianópolis, entre outras) têm um peso maior que as demais capitais nas quais os tucanos são favoritos.

Além de São Paulo, o PSDB pode vencer em Natal, Rio Branco, Porto Velho e Palmas. O MDB, por sua vez, aparece com boas condições de vitória em Boa Vista, Goiânia e Teresina.

No campo da esquerda, o PT, apesar da possibilidade de chegar ao segundo turno em Recife e Vitória, não deve vencer em nenhuma capital, conforme ocorreu em 2016. Os petistas devem ser superados por PDT, PSB, PSOL e PCdoB.

Leia mais:

Outro aspecto relevante é a força dos partidos de centro. Além do DEM, MDB, PSD, PP, Republicanos e PROS, o PSDB também é competitivo.

Importante mencionar que a competitividade desses partidos sugere um voto inclinado do centro para a direita nos grandes centros urbanos.


*Análise Arko – Esta coluna é dedicada a notas de análise do cenário político produzidas por especialistas da Arko Advice. Tanto as avaliações como as informações exclusivas são enviadas primeiro aos assinantes. www.arkoadvice.com.br