Início » Baixa renda e o Nordeste sustentam a popularidade de Lula, aponta o Datafolha
DestaquePolítica

Baixa renda e o Nordeste sustentam a popularidade de Lula, aponta o Datafolha

A+A-
Reset

A segmentação da pesquisa Datafolha sobre a avaliação do governo Lula (PT) considerando a variável renda aponta que os setores com renda mensal de até 2 salários mínimos continuam sendo o principal polo de sustentação da popularidade de Lula. Nessa faixa de renda, a avaliação positiva (ótimo/bom) é de 43%. A avaliação negativa (ruim/péssima), por outro lado, atinge 24%.

Entre quem recebe de 2 a 5 salários, o índice negativo (37%) supera o positivo (31%). O mesmo ocorre na faixa de renda de 5 a 10 salários. Nesse segmento, a desaprovação registra 44%. E a aprovação soma 29%.

E entre quem recebe mais de 10 salários, a avaliação positiva é de 36%. O índice negativo registra 30%.

Quando observamos a variável regional, o Nordeste permanece como o principal reduto de apoio a Lula. Nessa região, a avaliação positiva é de 49%. A avaliação negativa, por outro lado, é de 21%.

No Sudeste, considerando a margem de erro de 2 pontos percentuais para mais ou para menos, temos um quadro de empate técnico entre as avaliações positiva (34%) e negativa (31%). O mesmo ocorre no Norte/Centro-Oeste, regiões onde a desaprovação (37%) está ligeiramente à frente da aprovação (35%).

E a região Sul desponta como o principal reduto antilulista. Nessa região, a avaliação negativa atinge 39%. A avaliação positiva, por sua vez, é de 30%.

Usamos cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Ao clicar em "Aceitar", você concorda com o uso de cookies. Aceitar Saiba mais

-
00:00
00:00
Update Required Flash plugin
-
00:00
00:00