Início » PIX: Campos Neto defende inclusão financeira no G20
Economia
A+A-
Reset

PIX: Campos Neto defende inclusão financeira no G20

O presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto, participou do último dia de reuniões da Trilha de Finanças do G20. Na ocasião, ele apontou as estratégias do banco relacionadas às prioridades do país. Uma delas é a inclusão financeira da sociedade brasileira, por meio do PIX. O evento ocorreu nesta sexta-feira (15).

Ao falar sobre o PIX, Campos Neto ressalta que a ferramenta desempenhou um papel fundamental na inclusão financeira de milhões de brasileiros, com 71,5 milhões de novas pessoas utilizando ativamente as transferências eletrônicas. Além disso, os pagamentos digitais tem sido associado a uma diminuição de emprego informal.

Leia mais! Modernização e inclusão… Falas de Campos Neto sobre Pix e Drex animam economistas

– Os nossos números mostram o sucesso que temos tido na melhoria do acesso aos serviços financeiros. Contudo, acreditamos que devem ser empreendidos esforços para ir além do acesso, bem como a utilização de serviços financeiros. O objetivo é ir em direção à melhoria da qualidade da inclusão financeira. Nesse sentido, promover maiores níveis de bem-estar financeiro – finalizou o presidente. 

71,5 milhões de novas pessoas utilizando ativamente as transferências eletrônicas do PIX, diz Campos Neto 

71,5 milhões de novas pessoas utilizando ativamente as transferências eletrônicas, diz Campos Neto Foto: Raphael Ribeiro/BC

DREX

Campos Neto também abordou a iniciativa de Finanças Abertas e as ações para a modernização da legislação cambial. Ele citou o desenvolvimento do Drex, a moeda digital brasileira, como fundamental para tornar o sistema financeiro brasileiro mais competitivo, moderno, bem como inclusivo.

PIX Automático

No dia 7 de dezembro, o Banco Central (BC) anunciou as normas do PIX Automático. Nesse sentido, a autarquia estabeleceu os procedimentos e as regulamentações para a nova função.

Instituições participantes do Pix terão até 28 de outubro de 2024 para implementar o PIX automático

Instituições participantes do Pix terão até 28 de outubro de 2024 para implementar o PIX automático – Foto: Marcello Casal JrAgência Brasil

A autarquia financeira ressalta que o PIX Automático facilitará pagamentos recorrentes, como contas de serviços e mensalidades, bem como o funcionando do débito automático.

Leia também! Banco Central mostra queda nos juros para o crédito rotativo

As instituições participantes do Pix são obrigadas a oferecer o serviço aos usuários, com a implementação prevista para 28 de outubro de 2024.

 

Usamos cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Ao clicar em "Aceitar", você concorda com o uso de cookies. Aceitar Saiba mais

-
00:00
00:00
Update Required Flash plugin
-
00:00
00:00