Início » Estados do Centro-Oeste vão liderar o crescimento neste ano puxado pela agricultura
EconomiaGovernoMinistério da AgriculturaNotíciasUrgente

Estados do Centro-Oeste vão liderar o crescimento neste ano puxado pela agricultura

A+A-
Reset

Estados da região Centro-Oeste devem registrar o maior crescimento econômico neste ano, puxados pela agropecuária, conforme projeções feitas pela Tendências Consultoria.

Passada a forte estiagem de 2021, a produção agrícola voltou a acelerar, com previsão de recorde das safras de soja e milho. Aqueles estados que dependem de indústria e serviços vão registrar crescimento moderado e do Sul deverão registrar contração.

De acordo com a projeção, o estado de Mato Grosso, por exemplo, deve registrar o maior crescimento entre todas as unidades da Federação, alcançando 5%, taxa bem superior à que teve no ano passado (3,1%). Mato Grosso do Sul vem em seguida, com crescimento de 4,6%, também acima do crescimento de 2021, de 3,6%.

Nos dois estados, a projeção indica expansão recorde nas safras de soja e milho. Esse desempenho do campo é seguido dos abates para produção de carne, decorrente da demanda externa por proteína animal.

O efeito positivo registrado no agronegócio também se manifesta nos estados vizinhos, principalmente na recente fronteira agrícola (Matopiba – Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia).

O Piauí deve ter o terceiro maior crescimento, com expansão de 3,7% neste ano, ante 4,6% no ano anterior. E o Maranhão vai 3,1%, contra 4% do ano passado. O Tocantins deverá crescer 2,7%. Na Bahia, a previsão indica crescimento em torno de 1%.

Crescimento de 6,2%

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) divulgou nesta quinta (11) a previsão da produção de grãos que deverá situar-se em 271,44 milhões de toneladas. Trata-se do 11º levantamento da safra de grãos feito pela empresa, vinculada ao Ministério da Agricultura.

Caso a previsão se mantenha será um crescimento de 15,9 milhões de toneladas (ou 6,2%) na comparação com a colheita registrada na safra 2020/21. “Com relação às culturas de primeira safra, com exceção do milho, toda a colheita já terminou. As culturas de segunda safra estão com colheitas bastante adiantas, e as de terceira safra, bem como as culturas de inverno, estão próximas da conclusão de plantio”, disse o presidente da Conab, Guilherme Ribeiro, ao anunciar os números.

De acordo com a Conab, a colheita de milho deve chegar a 87,4 milhões de toneladas na safra 2021/22, das quais 25 milhões de toneladas são da primeira safra. “A colheita do milho segunda safra segue avançando e ultrapassa 79% da área plantada”.

As projeções para a primeira safra de soja estimam uma produção de 124 milhões de toneladas, enquanto a de arroz está estimada em 10,8 milhões de toneladas. O resultado da oleaginosa (soja) é reflexo da severa estiagem ocorrida no final de 2021 no Sul do país e em parte de Mato Grosso do Sul. O clima também influenciou a produtividade do arroz, que, aliado a uma menor área plantada, teve a colheita reduzida em 8,4% em relação à safra passada”, explica a Conab.

Usamos cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Ao clicar em "Aceitar", você concorda com o uso de cookies. Aceitar Saiba mais

-
00:00
00:00
Update Required Flash plugin
-
00:00
00:00