Início » Banco Central mantém estimativas do mercado para a inflação e o PIB 

Banco Central mantém estimativas do mercado para a inflação e o PIB 

A+A-
Reset

O boletim Focus, do Banco Central, divulgou, nesta segunda-feira (2), que as previsões do mercado financeiro para a inflação e o PIB permanecem estáveis. Para este ano, a expectativa para o crescimento da economia permaneceu em 2,92%. Já em 2025, o PIB deve ficar em 1,5%.

A previsão para este ano do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) – inflação oficial do país – permaneceu em 4,86% nesta edição do boletim. Para 2024, a estimativa de inflação subiu de 3,86% para 3,87%. A estimativa para este ano está acima do teto da meta de inflação, sendo 3,25% para 2023, de acordo com o Conselho Monetário Nacional. 

PIB

Foto: Marcello Casal Jr. / Agência Brasil

Segundo o BC, no último Relatório de Inflação, a chance de o índice oficial superar o teto da meta em 2023 é de 67%. A projeção do mercado para a inflação de 2024 também está acima do centro da meta prevista, fixada em 3%. Isso significa, que ainda dentro do intervalo de tolerância de 1,5%. 

Leia mais! O cenário de fim de ano

Para o mercado financeiro, a Selic deve encerrar 2023 em 11,75% ao ano. Para o fim de 2024, a estimativa é que a taxa caia para 9% ao ano. Quando o Copom aumenta a taxa básica de juros, a finalidade é conter a demanda aquecida. Isso causa reflexos nos preços porque os juros mais altos encarecem o crédito. Além de estimular a poupança. Já quando a Selic é reduzida, a tendência é que o crédito fique mais barato. Isso incentiva a produção e o consumo. 

Usamos cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Ao clicar em "Aceitar", você concorda com o uso de cookies. Aceitar Saiba mais