Início » Corrida pela presidência da Câmara dos Deputados

Corrida pela presidência da Câmara dos Deputados

A eleição para a presidência da Câmara dos Deputados será em fevereiro de 2025, contudo a disputa pela sucessão de Lira segue indefinida

A+A-
Reset

Os pré-candidatos à sucessão de Arthur Lira (PP-AL) na presidência da Câmara dos Deputados enfrentam vários obstáculos para viabilizar suas candidaturas. A eleição está marcada para fevereiro de 2025, e a disputa pela sucessão do alagoano permanece indefinida.

presidência da Câmara dos Deputados

Foto: divulgção/Depositphotos

Atualmente, há pelo menos quatro deputados que se apresentam como candidatos: Elmar Nascimento (União Brasil-BA), Marcos Pereira (Republicanos-SP), Antonio Brito (PSD-BA) e Isnaldo Bulhões Jr. (MDB-AL).

Elmar Nascimento enfrenta restrições dentro do PT. Marcos Pereira não consegue unificar os evangélicos, sua principal base de apoio. Antonio Brito tem uma boa largada, mas ainda falta articulação na alta cúpula. Isnaldo Bulhões Jr. é considerado um outsider.

Lira, que não pode concorrer à reeleição, está tentando transferir seu capital político a um parlamentar de sua escolha. Ele afirmou a deputados que pretende definir o nome de seu candidato até agosto, antes das eleições municipais.

Segundo fontes, Arthur Lira e o presidente Lula estão a caminho de um entendimento sobre a escolha do próximo presidente da Câmara. A aliança entre eles é crucial, pois Lula não quer um presidente independente ou adversário na Câmara, enquanto Arthur deseja alguém que possa manter sua influência e capital político.

No entanto, outras forças estão se organizando e podem frustrar os planos de Lula e Lira. Um presidente da Câmara apoiado simultaneamente por ambos colocaria a casa nas mãos do Executivo e reduziria a autonomia do Legislativo.

Usamos cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Ao clicar em "Aceitar", você concorda com o uso de cookies. Aceitar Saiba mais