Lula e Bolsonaro. Imagem: montagem com fotos de Ricardo Stuckert/Instituto Lula e Marcelo Camargo/Agência Brasil

A pesquisa Datafolha apontou que a avaliação negativa (ruim/péssima) do governo Jair Bolsonaro (PL) caiu sete pontos percentuais (53% para 46%) em relação a julho do ano passado, quando ocorreu o último levantamento do instituto. A avaliação positiva (ótimo/bom), por sua vez, cresceu três pontos (22% para 25%). E o índice regular aumentou quatro pontos (24% para 28%) no mesmo período.

A melhora na popularidade do presidente pode ser atribuída ao pagamento do Auxílio Brasil, o fim das medidas restritivas por conta da Covid, e as medidas econômicas que o governo tem anunciado. Vale registrar que, ao menos por enquanto, o reajuste dos combustíveis não impactou negativamente na avaliação do governo.

Outra informação importante trazida pelo Datafolha é que queda na distância do ex-presidente Lula (PT) para o presidente Jair Bolsonaro (PL) nas simulações de segundo turno.

Em dezembro do ano passado, Lula venceria Bolsonaro por 59% a 30%. Agora, por 55% a 34%. Ou seja, a distância do ex-presidente para o presidente caiu de 29 para 21 pontos percentuais.elei