Entidades da sociedade civil divulgaram um manifesto nesta segunda-feira (26) contra o projeto de reforma do imposto de renda proposto pelo Governo Federal. Entre as 22 entidades que assinam o documento está a OAB Nacional, a Confederação Nacional dos Serviços (CNS) e a Associação Comercial de São Paulo.

No texto, as instituições pedem total rejeição do projeto e dizem que as mudanças implicam “aumento da complexidade no sistema tributário brasileiro”. O principal ponto criticado é a taxação de dividendos, mas o manifesto também lista uma série de mudanças trazidas pelo projeto que seriam prejudiciais, como a extinção da escrituração simplificada das empresas no lucro presumido e a restrição da declaração simplificada do imposto de renda das pessoas físicas.

Saiba mais:


Autor

  • Jornalista brasiliense formado pela Universidade de Brasília (UnB). Tem passagem como repórter pelo Correio Braziliense, Rádio CBN e Brasil61.com. No site O Brasilianista cobre economia e política.