Ciro Nogueira pede moderação e autonomia
Senador Ciro Nogueira (PP-PI). Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado

Em entrevista na manhã desta quinta-feira (22), o presidente Jair Bolsonaro confirmou que o senador Ciro Nogueira (PP-PI) será o novo ministro da Casa Civil. De acordo com o presidente, o objetivo da mudança, parte de uma reforma ministerial, é estreitar laços com o Congresso.

“Está praticamente certo. Vamos colocar um senador na Casa Civil e pode manter um diálogo melhor com o Parlamento. O General Ramos continua sendo ministro palaciano, vai para Secretaria Geral. O Onyx Lorenzoni, que eu chamo de ‘curinga’ vai para um novo ministério. Não vai ser aumentado o número de ministérios porque o Banco Central perdeu esse status há dois meses, reestabelecemos os 23 ministério com o Ministério do Emprego e Previdência” disse o presidente.

Ciro Nogueira é a mais importante liderança do chamado Centrão, e era aliado próximo dos ex-presidentes Lula e Dilma. Em um vídeo do período das eleições que voltou a circular nas redes sociais, Ciro declara o voto em Lula e critica Bolsonaro, o acusando de ter um perfil “fascista”.

Na entrevista, Bolsonaro não demonstrou guardar mágoas do antigo adversário. “Conversei com ele, que já aceitou. Acertamos os ponteiros e a gente toca o barco. É uma pessoa que eu conheço há muito tempo. Ele chegou em 95 na Câmara e eu cheguei em 91. Eu fui, mais da metade dos meus 28 anos de parlamentar eu fui do Progressistas. Não vamos ter problema nenhum na condução da Casa Civil, que é nosso ministério mais importante”, declarou.

Relação com o Senado

Ciro será o primeiro senador a ocupar um ministério no governo Bolsonaro, que tem dado preferência para nomear aliados provenientes da Câmara dos Deputados.

A mudança tem o objetivo de melhorar a relação do governo com o Senado Federal, que será responsável por aprovar a indicação de André Mendonça para o Supremo Tribunal Federal e de Augusto Aras para a Procuradoria-Geral da República (PGR). Além disso, há o surgimento de novas denuncias sobre o governo na CPI da Pandemia.

Como ficam os ministérios

Pasta Ministro anterior Novo ministro
Casa Civil Luiz Eduardo Ramos Ciro Nogueira
Secretaria Geral da Presidência Onyx Lorenzoni Luiz Eduardo Ramos 
Ministério do Emprego e Previdência Onyx Lorenzoni

Cliente Arko fica sabendo primeiro

Assine o Arko Private, serviço Arko para pessoa física, e tenha acesso exclusivo a um canal privado de interatividade e alertas em tempo real, além de relatórios, Lives Exclusivas e eventos especiais com figuras notáveis da nossa rede de contatos.