Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Volta a circular dentro da Câmara dos Deputados o nome de Fábio Faria (PSD-RN), atual ministro das Comunicações e deputado licenciado, como um possível nome governista à presidência da casa. Segundo informações apuradas pelo jornal Valor Econômico, aliados do presidente Jair Bolsonaro avaliam que o ministro seria um bom “plano B” caso o atual cotado, Arthur Lira (PP-AL), não consiga apoio suficiente para concorrer em fevereiro.

Fábio Faria é visto como alguém que poderia pacificar a disputa entre apoiadores do governo e o atual presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), já que os dois tem boa relação.

A Constituição proíbe que Maia e o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), disputem uma nova eleição. Mesmo com a judicialização do assunto, Maia vem negando que tenha interesse em se candidatar, por isso, há certa apreensão para saber quem será o candidato apoiado por ele.

Leia mais:

Para o governo, é importante ter um aliado na presidência da Câmara, já que é prerrogativa do presidente definir o calendário de votações, instalar comissões e levar adiante ou não possíveis pedidos de impeachment.