Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados

Em entrevista à Folha de São Paulo, o presidente da Câmara Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou que não é candidato à reeleição em fevereiro do próximo ano. Mais também afirma que Arthur Lira é o candidato do presidente Jair Bolsonaro na disputa.

Questionado sobre o que a Câmara pode votar até o final do ano, Maia afirmou que, das reformas, duas têm condições de serem votadas neste ano e início do próximo: PEC Emergencial e Reforma Tributária. Sobre a Tributária, Maia acredita que se o governo quiser construir um acordo, é bem provável que consiga votar na Câmara neste ano, não nas duas Casas.

Sobre a sucessão de 2022, Maia disse que o DEM não apoiaria uma chapa Ciro-Lula e que o partido deve ter ou construir no centro uma candidatura mais liberal na economia e a chapa Ciro-Lula seria mais de esquerda.