Início » Partidos de centro decidem apoiar ampliação do papel dos auditores da Receita

Partidos de centro decidem apoiar ampliação do papel dos auditores da Receita

A+A-
Reset

Após diversas confusões, foi anunciado, nesta quinta-feira (23/5), na Câmara dos Deputados, que houve acordo para que os partidos de centro retirem da MP da reforma administrativa o jabuti que delimitava a atuação dos auditores da Receita Federal.

O texto da MP, aprovada ontem, deixava claro que os auditores não podem investigar crimes que não sejam fiscais.

De acordo com o presidente do Sindicato Nacional dos Auditores Federais (Sindifisco), Kleber Cabral, houve uma reunião de líderes na qual foi firmado um compromisso para que um projeto com teor semelhante tenha a urgência aprovada na próxima terça-feira (28/5).

“Foi feito um acordo que seja feito um projeto de lei tratando de direitos e deveres dos auditores com o objetivo de inibir abusos de autoridade. Não há problema algum em discutir isso e pode ser um momento oportuno”, afirmou.

Parecer Aprovado
Em maio, a Comissão Mista da Câmara que analisa a MP 870, que reestruturou o governo federal, votou a favor da proibição de auditores fiscais compartilharem indícios de crimes diretamente com o Ministério Público Federal, limitando a atuação da Receita.

Por 15 votos a 9, os parlamentares aprovaram o parecer do senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), que incluiu um trecho limitando a atuação dos auditores fiscais da Receita a crimes tributários. Além disso, o texto proibia que indícios de crimes não tributários encontrados pelos auditores sejam compartilhados com outras autoridades sem autorização.

Usamos cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Ao clicar em "Aceitar", você concorda com o uso de cookies. Aceitar Saiba mais