Início » Na ONU, Lula cobra reforma no conselho de segurança
Política
A+A-
Reset

Na ONU, Lula cobra reforma no conselho de segurança

Em discurso na Assembleia Geral da ONU nesta manhã (19), o presidente Lula cobrou mudanças no conselho de segurança da organização, ao qual afirmou que se encontra paralisado frente aos conflitos armados entre Rússia e Ucrânia. “A paralisia no conselho de segurança da ONU é prova eloquente da necessidade de reformá-lo”, declarou.

Lula avaliou que o conselho de segurança está perdendo credibilidade em razão do fato de que membros permanentes protagonizarem guerras, caso da Rússia, bem como a falta de um posicionamento contundente para a resolução dos conflitos.

O presidente brasileiro também deu destaque para a agenda ambiental do governo, sobretudo o plano de transição energética. Lula colocou o Brasil como país “vanguarda” na produção de energia renovável e cobrou o cumprimento do acordo de investimento de US$ 100 bi anuais para países em desenvolvimento: “ainda é apenas promessa”.

Usamos cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Ao clicar em "Aceitar", você concorda com o uso de cookies. Aceitar Saiba mais

-
00:00
00:00
Update Required Flash plugin
-
00:00
00:00