Início » Marina Silva volta a defender desmatamento zero no Cerrado

Marina Silva volta a defender desmatamento zero no Cerrado

A+A-
Reset
Política

Na abertura do 10º Encontro e Feira dos Povos do Cerrado, a ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, voltou a defender a busca pelo desmatamento zero do bioma. “A natureza não faz diferença entre legal e ilegal. Quem faz essa diferença somos nós e os interesses”, pontuou.

O cerrado, que abriga as nascentes de três bacias hidrográficas do continente, sofreu com desmatamento acelerado nas últimas décadas, principalmente com a expansão agropecuária na região. Segundo o estudo da Universidade de Brasília (UnB), o bioma perde a vegetação nativa cinco vezes mais rápido que a Amazônia.

Nesta semana, o Ministério do Meio Ambiente e Mudança do Clima (MMA) lançou a consulta pública do Plano de Ação para Prevenção e Controle do Desmatamento e das Queimadas no Bioma Cerrado. Os interessados podem participar até 12 de outubro. O plano prevê programas para impulsionar a bioeconomia, ampliar a fiscalização e a destinação de terras públicas para proteção e uso sustentável de recursos naturais.

desmatamentopolítica

Usamos cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Ao clicar em "Aceitar", você concorda com o uso de cookies. Aceitar Saiba mais