Início » Macron não quer Mercosul
DestaquePolítica

Macron não quer Mercosul

A+A-
Reset

Em um recente encontro em Dubai, durante a COP 28 – a Conferência da ONU sobre Mudanças Climáticas, o presidente francês Emmanuel Macron expressou oposição ao acordo de livre comércio entre Mercosul e União Europeia. Macron, após uma reunião bilateral com o presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva, criticou o acordo, que vem sendo negociado desde 1999 e abrange 31 países, como ultrapassado e mal elaborado.

Ele destacou contradições com as políticas ambientais do Brasil e afirmou que a versão atual do acordo não está alinhada com essas políticas. As negociações, que estavam progredindo, agora enfrentam incertezas, especialmente com a posse iminente de Javier Milei na Argentina, um crítico do Mercosul.

A resistência da França, motivada pela preocupação com a competição no setor de agronegócios, pode levar a retaliações brasileiras, e o governo brasileiro, segundo fontes, vê a posição de Macron como oportunista e prejudicial aos interesses europeus e, inclusive, aos interesses franceses no Brasil.

Usamos cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Ao clicar em "Aceitar", você concorda com o uso de cookies. Aceitar Saiba mais

-
00:00
00:00
Update Required Flash plugin
-
00:00
00:00