Início » Empresário que ofendeu Zanin em aeroporto se retrata

Empresário que ofendeu Zanin em aeroporto se retrata

O empresário Bassetto fez comentários agressivos como corrupto e bandido. Além disso, expressou o desejo de agredir Zanin

A+A-
Reset
Política

O empresário Luiz Carlos Bassetto, conhecido por seu confronto com o ministro Cristiano Zanin em janeiro do ano passado, gravou um vídeo recentemente pedindo desculpas. Ele diz estar arrependido pelas ofensas e ameaças dirigidas ao ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) quando este ainda exercia advocacia.

Zanin

Foto: reprodução/ Twitter

– Declaro publicamente que o advogado e atual ministro Cristiano Zanin não faz jus as palavras ditas por mim naquele dia. Ele não é o pior advogado que possa exigir, pelo contrário, um excelente advogado e hoje exerce o cargo de ministro em razão da sua competência. Esta retratação é de forma cabal, plena, inequívoca e consciente – ressaltou o empresário.

Além disso, ele estendeu os pedidos de desculpas a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

– Endereço também a toda advocacia, pois o ato que pratiquei se dirigiu a um advogado que na oportunidade apenas exercia regularmente sua profissão, de modo que minha retratação também os alcance – frisou Bassetto.

Ofensas contra Zanin

As ofensas ocorreram no Aeroporto Juscelino Kubitschek, em Brasília, em 11 de janeiro de 2023, enquanto Zanin realizava sua higiene bucal. Bassetto foi registrado fazendo comentários agressivos, expressando desejo de agredir o então advogado. Além disso, usou termos pejorativos como “corrupto”, “bandido”, “safado” e “vagabundo”.

Após o ocorrido, a OAB se manifestou em apoio a Zanin, aprovando um desagravo ao advogado e participando da queixa-crime contra o empresário. A presidente do Conselho Federal da OAB (CFOAB), Beto Simonetti, entre outros advogados assinaram o documento. Apesar das provocações, Zanin optou por não responder às agressões, deixando o local sem confronto direto.

A atitude de Bassetto gerou repercussão não apenas entre a comunidade jurídica, mas também na esfera pública. O empresário, agora, busca redimir-se por meio do vídeo de retratação, reconhecendo o erro cometido. A postura do ministro Zanin, mantendo-se sereno diante das provocações, foi destacada como exemplo de equilíbrio e profissionalismo. O desdobramento legal do incidente demonstra a importância da proteção e do respeito aos profissionais da advocacia, fortalecendo os valores éticos e democráticos da sociedade brasileira.

O BrasilianistaOABpolíticaSTF

Usamos cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Ao clicar em "Aceitar", você concorda com o uso de cookies. Aceitar Saiba mais