Início » Veja se você pode renegociar dívidas com o Desenrola Brasil

Veja se você pode renegociar dívidas com o Desenrola Brasil

Mais de 600 empresas, como bancos, varejistas, companhias de água e saneamento, distribuidoras de eletricidade, aderiram ao Desenrola Brasil

A+A-
Reset
DestaqueEconomia

O programa Desenrola Brasil é uma iniciativa do Governo Federal, com o objetivo de facilitar as renegociações de dívidas. Os cidadãos que aderirem a iniciativa poderão ter descontos de aproximadamente 90%. Além disso, terão a opção de pagar o parcelamento sem entrada e com até 60 meses para pagar.

Veja se você pode renegociar dívidas com o Desenrola Brasil

Fonte: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

A plataforma do Desenrola poderá ser acessada por meio de sua conta Gov.com, sites e aplicativos de empresas de renegociação ou de banco. O usuário já logado poderá ser redirecionado para a plataforma do Desenrola. Nesse sentido, conseguirá ver as dívidas cadastradas no CPF e fazer os pagamentos com descontos.

Mais de 600 empresas, como bancos, varejistas, companhias de água e saneamento, distribuidoras de eletricidade, aderiram ao Desenrola Brasil. Contudo, não poderão ser financiadas dívidas de FIES, crédito rural, financiamento imobiliário e créditos com garantia real. Além disso, operações com funding ou risco de terceiros.

Brasileiros com renda bruta mensal de até dois salários mínimos, ou que estejam inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal poderão renegociar as dívidas com desconto. Mas só podem ser renegociados débitos que foram negativados entre 2019 e 2022, com valor atualizado inferior a R$ 20 mil.

Entretanto, o valor do financiamento só poderá ser de até cinco mil reais por cliente, considerado o somatório das dívidas financiadas.

Vale destacar que o cidadão que renegociar as dívidas por meio do Desenrola Brasil não perderá os benefícios sociais e não deixa de pleitear vaga em programas do governo, como o Bolsa Família.

Veja se você pode renegociar dívidas com o Desenrola Brasil

Foto: Reprodução/MDS

Prorrogação do Desenrola Brasil

O Congresso Nacional analisa, por meio de medida provisória, aumentar o prazo do Desenrola Brasil para o dia 20 de maio. A ação estava com término previsto 31 de março. Após análise da comissão mista, formada por senadores e deputados, a Câmara e o Senado votarão a proposta.

De acordo com o governo, o número de acordos celebrados aumentou significativamente nos últimos meses. Isso indica que o desenrola pode alcançar ainda mais pessoas. Desde o início de março, os débitos também podem ser renegociados nas agências dos Correios.

desenrola brasilEconomiaRenegociação de dívidas

Usamos cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Ao clicar em "Aceitar", você concorda com o uso de cookies. Aceitar Saiba mais