Início » Sob gestão de Magda Chambriard, Petrobras reduz preço do querosene de aviação

Sob gestão de Magda Chambriard, Petrobras reduz preço do querosene de aviação

Esse é o primeiro reajuste no preço do querosene de aviação sob a nova gestão da Petrobras, liderada por Magda Chambriard

A+A-
Reset

A Petrobras anunciou uma redução de 7,6% no preço médio do querosene de aviação (QAV) vendido às distribuidoras. A partir de 1º de junho, o preço será reduzido em cerca de R$ 0,31 por litro. Essa decisão faz parte dos esforços contínuos da empresa para ajustar os custos dos combustíveis às condições de mercado. Além disso, é o primeiro reajuste no preço do QAV sob a nova gestão da Petrobras, liderada por Magda Chambriard.

Magda Chambriard

Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

Com esta redução, o acumulado de queda no preço do QAV em 2024 é de 8,8%. Portanto, equivalente a R$ 0,36 por litro, em comparação com os valores de dezembro de 2023. Desde dezembro de 2022, a redução acumulada alcança 26,7%, resultando em uma economia de R$ 1,35 por litro. Estas reduções significativas refletem o compromisso da Petrobras em oferecer preços mais competitivos para o mercado de aviação.

A Petrobras comercializa o QAV produzido em suas refinarias ou importado apenas para as distribuidoras. Elas transportam e comercializam os produtos para as empresas de transporte aéreo e outros consumidores finais nos aeroportos, ou para os revendedores. Distribuidoras e revendedores são os responsáveis pelas instalações nos aeroportos e pelos serviços de abastecimento, ressaltou a estatal em nota.

A última revisão de preços realizada pela empresa foi em 21 de outubro do ano passado para a gasolina e em 27 de dezembro para o diesel. A administração atual está focada em garantir que os preços dos combustíveis reflitam as condições econômicas atuais e beneficiem tanto as distribuidoras quanto os consumidores finais.

A redução no preço do querosene de aviação, que ocorreu nessa segunda-feira (3), também pode ter um impacto positivo no setor aéreo. Pois pode contribuir para a diminuição dos custos operacionais das companhias aéreas e, potencialmente, resultando em tarifas mais baixas para os passageiros. A Petrobras continua monitorando o mercado de combustíveis para ajustar seus preços conforme necessário e manter a competitividade no mercado.

Magda Chambriard

Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Posse de Magda Chambriard

O Conselho de Administração da Petrobras aprovou, no dia 24 de maio, Magda Chambriard como presidente da companhia, e membro do Conselho. A indicação não precisará ser submetida a Assembleia Geral. Magda substitui Jean Paul Prates, demitido pelo presidente Lula (PT) após uma série de rusgas na relação entre os dois. A mais grave foi sobre a distribuição de dividendos extras da Petrobras, em que Prates era favorável e Lula contrário.

Agora, Magda assume com a missão de suprir alguns desejos de Lula para a empresa, como o aumento do parque, bem como da capacidade de refino interno. Na esteira desse compromisso, nesta semana, o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) reverteu um acordo com a Petrobras que obrigava a empresa a vender refinarias no Brasil.

Usamos cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Ao clicar em "Aceitar", você concorda com o uso de cookies. Aceitar Saiba mais