Início » Receita Federal libera consulta ao lote de restituição do Imposto de Renda 

Receita Federal libera consulta ao lote de restituição do Imposto de Renda 

Cerca de 5,6 milhões de contribuintes, incluindo os do Rio Grande do Sul, poderão verificar se têm direito ao reembolso do Imposto de Renda

A+A-
Reset

Nesta quinta-feira (23), aproximadamente 5,6 milhões de contribuintes poderão consultar se acertaram as contas com o Leão. A Receita Federal disponibiliza o acesso ao primeiro dos cinco lotes de restituição do Imposto de Renda Pessoa Física de 2023. Este lote inclui todos os contribuintes do Rio Grande do Sul com direito a receber, além de restituições residuais de anos anteriores.

Imposto de Renda

Foto: Joédson Alves/Agência Brasil

Ao todo, 5.562.065 contribuintes serão beneficiados com a restituição, totalizando R$ 9,5 bilhões. De acordo com o Fisco, todo o valor será destinado a contribuintes com prioridade no reembolso, incluindo os gaúchos afetados pelas enchentes deste ano.

O pagamento será efetuado no dia 31 de maio, diretamente na conta bancária ou na chave Pix do tipo CPF informada na declaração do Imposto de Renda.

A consulta pode ser feita no site da Receita Federal. O contribuinte deve clicar em “Meu Imposto de Renda” e depois em “Consultar a Restituição”. Também é possível realizar a consulta através do aplicativo da Receita Federal para tablets e smartphones.

Quem recebe primeiro o Imposto de renda?

  1. Idosos entre 60 e 79 anos: 2.595.933 contribuintes
  2. Contribuintes cuja maior fonte de renda é o magistério: 1.105.772 pessoas
  3. Contribuintes gaúchos: 886.260 declarações, incluindo exercícios anteriores, com mais de R$ 1 bilhão em restituições
  4. Contribuintes que informaram chave Pix do tipo CPF ou usaram declaração pré-preenchida: 787.747 pessoas
  5. Idosos acima de 80 anos: 258.877 contribuintes
  6. Contribuintes com deficiência física ou mental ou moléstia grave: 162.902 pessoas

O que Fazer se Não Estiver na Lista?

Se o contribuinte não estiver na lista, deve acessar o Centro Virtual de Atendimento ao Contribuinte (e-CAC) para tirar o extrato da declaração. Caso haja pendências, é possível enviar uma declaração retificadora e aguardar os próximos lotes da malha fina.

imposto de renda

Foto: José Cruz/Agência Brasil

Problemas com Depósito

Se a restituição não for depositada na conta informada, por exemplo, em caso de conta desativada, os valores ficarão disponíveis para resgate por até um ano no Banco do Brasil. O contribuinte pode agendar o crédito em qualquer conta bancária por meio do Portal BB.

Entretanto, se a restituição não for resgatada dentro de um ano, o contribuinte deve solicitar o valor no Portal e-CAC. Para isso, deve acessar o menu “Declarações e Demonstrativos”, clicar em “Meu Imposto de Renda” e, em seguida, selecionar “Solicitar restituição não resgatada na rede bancária”.

 

Usamos cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Ao clicar em "Aceitar", você concorda com o uso de cookies. Aceitar Saiba mais