Início » Projeto propõe desconto no Fies para todos os servidores públicos

Projeto propõe desconto no Fies para todos os servidores públicos

O Fies financia estudantes do ensino superior privado, que permite que eles paguem as mensalidades com ajuda do fundo

A+A-
Reset
DestaqueEconomia

A Comissão de Educação e Cultura (CE) aguarda votação do Projeto de Lei 1.124/2024, que propõe um abatimento gradual no saldo devedor do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) para todos os servidores públicos. Atualmente, esse benefício é restrito.  Conforme Ministério da Saúde, o desconto abrange professores da rede pública, médicos que trabalham em equipes de saúde da família do SUS e médicos das Forças Armadas que atuam em áreas prioritárias,.

Fies

Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

O projeto, de autoria do senador Izalci Lucas (PL-DF), visa modificar a Lei 10.260/2001 para oferecer um abatimento mensal de 1% da dívida do Fies para servidores públicos. Contudo, o limite será de 50% de desconto, incluindo os juros. A primeira dedução seria aplicada após um ano de serviço público. O Fies é um programa governamental que financia estudantes do ensino superior privado, permitindo que eles paguem as mensalidades com ajuda do fundo.

Izalci Lucas destaca que o Fies, além de ajudar a formar milhares de profissionais, também sustenta financeiramente muitas instituições privadas de ensino superior. Além disso, com avaliações positivas do MEC. O programa permite que estudantes paguem suas dívidas apenas após a conclusão do curso, dependendo de sua renda familiar. O senador observa que o novo projeto poderia aliviar o peso das dívidas do Fies para servidores públicos. Considerando que mais da metade dos beneficiários do fundo enfrentam inadimplência, segundo o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação.

O projeto de lei está sob a relatoria do senador Wellington Fagundes (PL-MT). Uma vez aprovado pela Comissão de Educação e Cultura (CE), ele seguirá para análise pela Comissão de Assuntos Econômicos (CAE). Se aprovado, o projeto poderá abrir portas para milhares de servidores públicos reduzirem suas dívidas educacionais, criando um impacto positivo tanto para os servidores quanto para as instituições de ensino.

EconomiaEducaçãoFiesIzalci Lucasministério da saúdeO BrasilianistaSenado FederalSUS

Usamos cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Ao clicar em "Aceitar", você concorda com o uso de cookies. Aceitar Saiba mais