Início » Produção de grãos tem alta de 18,4% no último ano
DestaqueEconomia

Produção de grãos tem alta de 18,4% no último ano

A+A-
Reset

A produção de grãos no Brasil está valorizada em 322,8 milhões de toneladas, um acréscimo de 50,1 milhões de toneladas se comparado a safra do ano de 2021/22. Segundo a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) a alta foi de 18,4% e os dados consolidam a estimativa recorde da produção do país. O órgão divulgou nesta quarta-feira (6) o 12° levantamento da safra de grãos e o resultado é consequência de uma maior área plantada, chegando a 78,5 milhões de hectares.

A soja segue como o produto com mais volume de colheita em todo o país, com uma produção recorde de 154,6 milhões de toneladas e crescimento de 23,2%. Segundo a Conab, os efeitos da La Ninã se concentraram no Rio Grande do Sul, mas em uma escala menor se comparada ao ciclo anterior. Já nos outros Estados, o clima se mostrou bastante favorável mesmo com alguns atrasos que foram verificados no período da colheita.

Para o milho também é esperada uma colheita de maior quantidade e nas três safras do cereal a previsão é de que a produção chegue em 131,9 milhões de toneladas, um incremento de 18,7 milhões com relação à safra anterior.

No caso do Arroz e do Feijão, estes apresentam cenários diferentes. Segundo a Conab, houve uma redução da área de plantio dos dois produtos em vista da concorrência com outras culturas de renda maior. Para o Arroz, a melhora considerável na produtividade não foi suficiente para suprir a menor área, o que resultou em uma queda de 6,9%.

Já para a leguminosa, o bom desempenho nas lavouras garantiu a colheita total de 3,04 milhões de toneladas, 17% acima do resultado da safra anterior.

Também foi confirmado um crescimento de 11,8% da cultura de trigo no Brasil com uma produção de 10,82 milhões de toneladas e resultado 2,5% acima da obtida no ano anterior.

Exportação

Para a soja, há expectativa de que sejam exportadas 96,95 milhões de toneladas, já para o milho a estimativa da companhia é um embarque de 50 milhões de toneladas, ultrapassando as exportações da América do Norte. As exportações de algodão podem atingir 1,7 milhão de toneladas na safra atual.

“O bom cenário para as vendas ao mercado internacional é verificado também para farelo e óleo de soja, com exportações estimadas em 21,82 milhões de toneladas e 2,6 milhões de toneladas respectivamente”, acrescentou a Conab.

Usamos cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Ao clicar em "Aceitar", você concorda com o uso de cookies. Aceitar Saiba mais

-
00:00
00:00
Update Required Flash plugin
-
00:00
00:00