Início » Exportações brasileiras fecham 2023 com superávit de US$ 98 bi
DestaqueEconomia
A+A-
Reset

Exportações brasileiras fecham 2023 com superávit de US$ 98 bi

O Brasil fechou 2023 com resultado recorde na balança comercial. Nesse sentido, foi registrado um acumulo superávit de US$ 98 bilhões bilhões de dólares. Ao todo, foram exportados US$ 339,673 bilhões. Já o montante de importações foi de US$ 240,835.

Ainda, de acordo com o Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços (MDIC), o saldo positivo foi impulsionado por exportações recordes e pela queda das importações. Além disso, o saldo comercial cresceu 60,6% em relação aos US$ 61,525 bilhões registrados em 2022, até então o melhor resultado obtido.

Leia mais! Contas públicas têm saldo negativo de R$ 37,3 bi em novembro, aponta BC

Em relação às exportações brasileiras, o recorde ocorreu principalmente pelo aumento da quantidade exportada, que subiu 8,7% no ano passado. Nesse sentido, o índice foi impulsionado pela safra recorde de grãos. Os preços médios recuaram 6,3%, puxados principalmente pela desaceleração na cotação das commodities, que são bens primários com cotação internacional.

exportações brasileiras

 A quantidade comprada nas importações caiu 2,6% – Foto: Freepik

Já nas importações, a quantidade comprada caiu 2,6%, e o preço médio recuou 8,8%. A queda nos preços foi puxada pela redução no preço internacional do petróleo e de derivados. Por exemplo: fertilizantes. Em 2022, as cotações dispararam por causa do início da guerra entre Rússia e Ucrânia.

Leia mais! Balança comercial tem superávit de US$ 9,035 bi em julho

– Mesmo com queda do preço de commodities e menor crescimento na economia mundial, o Brasil avançou 8,7% no volume das exportações. Nossas exportações cresceram dez vezes mais que a média mundial. Em todo o planeta, as exportações cresceram 0,8% no ano passado – declarou o chefe da pasta, Geraldo Alckmin.

Leia mais! Balança comercial tem superávit de US$ 9,8 bilhões em agosto

Exportações brasileiras em 2024

Neste ano, o governo aguarda um recuo de 4,5% no saldo comercial. De acordo com a estimativa do ministério, o superávit será de US$ 94,4 bilhões. Além disso, aguarda que as exportações brasileiras atinjam US$ 348,2 bilhões, enquanto as importações somem US$ 253,8 bilhões de dólares.

Usamos cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Ao clicar em "Aceitar", você concorda com o uso de cookies. Aceitar Saiba mais

-
00:00
00:00
Update Required Flash plugin
-
00:00
00:00