Início » Em rede de rádio e TV, Lula anuncia novo salário mínimo de R$ 1.320 a partir de hoje

Em rede de rádio e TV, Lula anuncia novo salário mínimo de R$ 1.320 a partir de hoje

A+A-
Reset
Economia

Em pronunciamento ontem, domingo, em rede nacional de rádio e TV, por ocasião do Dia do Trabalhador, o presidente Lula anunciou o valor do salário mínimo de R$ 1.320,00, que passa a valer a partir de hoje, para trabalhadores, aposentados e pensionistas.

O presidente disse também que vai enviar ao Congresso Nacional, nos próximos dias, um projeto de lei com a nova fórmula de reajuste do mínimo. O projeto torna obrigatório a correção acima da inflação.

Lula também se comprometeu a, até o fim de seu atual mandato, em 2026, aprovar a isenção do pagamento do imposto de renda para quem ganha até R$ 5 mil mensais.

“Nos próximos dias, encaminharei ao Congresso Nacional um projeto de lei para que esta conquista seja permanente e o salário mínimo volte a ser reajustado todos os anos acima da inflação”, antecipou.

Segundo o presidente, a “valorização do salário mínimo” é parte do projeto de governo, que busca “recompor as conquistas perdidas pelos trabalhadores e trabalhadoras” ao longo dos últimos anos. “

Lula também falou da medida que eleva, a partir deste mês, a faixa de isenção do Imposto de Renda cobrado de trabalhadores formais – uma promessa de campanha do presidente.

“Estamos mudando a faixa de isenção do Imposto de Renda, que há oito anos estava congelada em R$ 1.903,98. A partir de agora, até R$ 2.640,00 por mês não pagará mais nenhum centavo de imposto”, pontuou Lula ao classificar esta como “outra medida muito importante”.

“E até o final do meu mandato, a isenção valerá para até R$ 5 mil por mês”, acrescentou Lula, voltando a se comprometer com a elevação gradual da faixa de isenção que, segundo o governo federal, passará a vigorar já a partir de maio por meio da combinação de duas medidas.

O presidente afirmou que o aumento dado neste ano para o salário mínimo é “pequeno, mas real, acima da inflação, pela primeira vez depois de seis anos”.

Usamos cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Ao clicar em "Aceitar", você concorda com o uso de cookies. Aceitar Saiba mais