Início » Crédito rural bate R$ 249 bilhões em seis meses do Plano Safra
Economia

Crédito rural bate R$ 249 bilhões em seis meses do Plano Safra

A+A-
Reset

O Plano Safra 2023/2024, nos seis primeiros meses, proporcionou R$ 249 bilhões ao crédito rural da agricultura familiar e da empresarial. Nesse sentido, houve o aumento de 16% em relação ao mesmo período da safra passada. Esse montante corresponde a 57% do valor que foi programado para a atual safra de todos os produtores, que é de R$ 435,8 bilhões. Se enquadram nesse nicho os pequenos, médios e grandes produtores.

Os financiamentos de custeio tiveram aplicação de R$ 142 bilhões. Já para as linhas de investimentos foram de R$ 55 bilhões. Além disso, as operações de comercialização atingiram R$ 29 bilhões e as de industrialização R$ 22 bilhões.

Leia mais! Lula sanciona com vetos lei que controla agrotóxicos

Ao todo, de acordo com a Secretaria de Política Agrícola do Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa), foram realizados 1.214.849 contratos no período de seis meses do ano agrícola. Nesse sentido, 895.682 no Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) e 128.028 no Programa Nacional de Apoio ao Médio Produtor Rural (Pronamp).

Os demais produtores formalizaram 191.139 contratos. Portanto, corresponderam a R$ 178,6 bilhões de financiamentos liberados pelas instituições financeiras.

plano safra

Foto: Freepik

Os valores concedidos aos pequenos e médios produtores em custeio, investimento, comercialização e industrialização foram de R$ 35,4 bilhões no Pronaf e no Pronamp.

Agricultura empresarial

A aplicação do crédito rural da agricultura empresarial atingiu R$ 214 bilhões entre julho e dezembro. Portanto, houve alta de 19% em relação ao mesmo período do ano anterior. Esse valor significa 59% do total programado pelo governo, de R$ 364,2 bilhões.

Leia mais! Desafios do agronegócio é discutido no Fórum de Brasília

Em relação às fontes de recursos do crédito rural, a participação dos recursos livres equalizáveis teve um aumento de 372% em relação a igual período da safra anterior, atingindo R$ 12 bilhões. O número sinaliza uma maior utilização dessa fonte, colocada à disposição para equalização dentro do Plano Safra.

Crédito do Agronegócio

A pasta informa que a contribuição da fonte não controlada da Letra de Crédito do Agronegócio (LCA Livre) para o funding do crédito rural respondeu por 48% do total das aplicações da agricultura empresarial nos primeiros seis meses da safra atua. Em reais, o valor chegou a R$ 102,6 bilhões. Além disso, isso equivale um aumento de 119% em relação a igual período da safra passada. Ou seja, anteriormente essa fonte representava 26%, o que corresponde R$ 46,8 bilhões.

Leia mais! CCJ aprova projeto que valida o aval dado em cédula de crédito rural

Nos financiamentos agropecuários para investimento, o Programa de Modernização da Agricultura e Conservação dos Recursos Naturais (ModerAgro) teve contratações da ordem de R$ 1,6 bilhão, significando um aumento de 27% em relação a igual período na safra anterior. E os financiamentos para o programa Pronamp alcançaram R$ 3,5 bilhões, alta de 90%.

 

Usamos cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Ao clicar em "Aceitar", você concorda com o uso de cookies. Aceitar Saiba mais

-
00:00
00:00
Update Required Flash plugin
-
00:00
00:00