Início » Copom reduz Selic para 11,75% ao ano
DestaqueEconomia

Copom reduz Selic para 11,75% ao ano

A+A-
Reset

O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC) fixou, nesta quarta-feira (13), a taxa Selic em 11,75% ao ano. Este é o quarto corte consecutivo e condiz com as expectativas do mercado brasileiro. O placar foi de 3×2 a favor da redução de 0,5 ponto da taxa básica de juros. Esse é o menor nível em quase dois anos. O Copom se reúne a cada 45 dias para definir a Selic.

O mercado financeiro já esperava a redução de 0,5 ponto na Selic. Pois, no comunicado da última reunião, o Copom sinalizou que poderia continuar reduzindo a Selic na “mesma magnitude” do corte de novembro.

Leia mais! Copom reduz Selic para 12,25% ao ano

O Banco Central, por meio de comunicado, informou que manterá o ritmo de 0,5 ponto na manutenção da Selic nas “próximas reuniões”, ou seja, abrangerá as reuniões do Copom de janeiro e março.

Campos Neto informou que manterá o ritmo de corte da Selic nas "próximas reuniões"

Banco Central informou que manterá o ritmo de corte da taxa nas “próximas reuniões”- Foto: Lula Marques/ Agência Brasil

– Em se confirmando o cenário esperado, os membros do Comitê, unanimemente, anteveem redução de mesma magnitude nas próximas reuniões e avaliam que esse é o ritmo apropriado para manter a política monetária contracionista necessária para o processo desinflacionário – afirmou o BC.

Taxa Selic

A taxa básica de juros é usada nas negociações de títulos públicos emitidos pelo Tesouro Nacional no Sistema Especial de Liquidação e Custódia (Selic). Além disso, é referência para as demais taxas da economia. Ela é o principal instrumento do Banco Central para manter a inflação sob controle.

Leia mais! Após queda da Selic, confiança da indústria cresce, diz CNI 

Ao reduzir a taxa, a tendência é que o crédito fique mais barato, com incentivo à produção e ao consumo, reduzindo o controle sobre a inflação, bem como estimulando a atividade econômica.

Ao reduzir a Selic, a tendência é que o crédito fique mais barato

Ao reduzir a taxa, a tendência é que o crédito fique mais barato – Foto: Marcello Casal JrAgência Brasil

O Copom se reúne a cada 45 dias para definir a taxa Selic. Nesse sentido, no primeiro dia do encontro, são feitas apresentações técnicas sobre a evolução e as perspectivas das economias brasileira e mundial e o comportamento do mercado financeiro. Já no segundo, os membros do Copom, formado pela diretoria do BC, analisam as possibilidades e definem a Selic.

Usamos cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Ao clicar em "Aceitar", você concorda com o uso de cookies. Aceitar Saiba mais

-
00:00
00:00
Update Required Flash plugin
-
00:00
00:00