Início » Começa nesta sexta-feira o prazo de entrega da Declaração do Imposto de Renda

Começa nesta sexta-feira o prazo de entrega da Declaração do Imposto de Renda

A declaração deste ano tem uma série de mudanças. Isso por causa da elevação do limite máximo de isenção do Imposto de Renda

A+A-
Reset
DestaqueEconomia

Começa nesta sexta-feira (15) o prazo para a entrega da Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física 2024 (ano-base 2023). Neste ano, a Receita Federal espera receber 43 milhões de declarações, contra 41.151.515 entregues no ano passado.

Imposto de Renda

Leia mais! Ipea: inflação aumenta em todas as faixas de renda em fevereiro

O download do programa gerador da Receita Federal começou na última terça-feira (12) para os contribuintes com conta prata ou ouro no Portal Gov.br. Contudo, mesmo quem baixou o programa e preencheu os formulários com antecedência só pode transmitir a declaração a partir desta sexta.

A declaração deste ano tem uma série de mudanças em relação à do ano passado. Por causa da elevação do limite máximo de isenção do Imposto de Renda, o valor de rendimento tributável anual que obriga o contribuinte a fazer a declaração subiu para R$ 30.639,90.

Os valores relativos ao patrimônio mínimo e à renda de atividade rural, isenta e não tributada também aumentaram. Em contrapartida, os valores de dedução não mudaram. Além disso, a lei que taxou as offshores e os fundos exclusivos também introduziu novas obrigações para declarar o Imposto de Renda. Os bens abrangidos pela lei, bem como suas atualizações, precisam ser declarados.

Leia mais! Empresários no Brasil são otimistas, mas pouco organizados, afirma estudo

O prazo de entrega vai até 31 de maio, às 23h59min59s. Quem perder o prazo pagará multa de 1% sobre o imposto devido, com valor mínimo de R$ 165,74, ou 20% do imposto devido, prevalecendo o maior valor.

EconomiaImposto de RendaReceita Federal

Usamos cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Ao clicar em "Aceitar", você concorda com o uso de cookies. Aceitar Saiba mais