Início » Atividade econômica aumenta 1,08% no primeiro trimestre, mostra BC

Atividade econômica aumenta 1,08% no primeiro trimestre, mostra BC

Em comparação com o primeiro trimestre de 2023, a alta da atividade econômica foi de 1,04%, sem ajuste para o período

A+A-
Reset
DestaqueEconomia

A atividade econômica do Brasil demonstrou uma alta significativa no primeiro trimestre de 2024, conforme indicado pelo Banco Central (BC). Segundo os dados divulgados, nesta quarta-feira (15), o Índice de Atividade Econômica do BC (IBC-Br) registrou um aumento de 1,08% de janeiro a março em relação ao trimestre anterior, outubro a dezembro de 2023, ajustado para o período. Em comparação com o primeiro trimestre de 2023, a alta foi de 1,04%, sem ajuste para o período, devido à comparação entre meses iguais.

atividade econômica

Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil

O IBC-Br é um indicador crucial para avaliar a evolução da atividade econômica do país. Além disso, auxilia o BC nas decisões sobre a taxa básica de juros, a Selic. Incorporando informações sobre diferentes setores da economia, como indústria, comércio, serviços e agropecuária, o índice é fundamental para monitorar o desempenho econômico nacional.

A taxa básica de juros, Selic, desempenha um papel essencial na política monetária do BC para controlar a inflação. A recente volatilidade do mercado e as preocupações com a inflação levaram o Copom a reduzir o ritmo dos cortes na Selic. Apesar disso, o desempenho dinâmico do mercado de trabalho e da atividade econômica brasileira no primeiro trimestre de 2024 contribuiu para a decisão de reduzir a taxa Selic, mesmo que em um ritmo mais lento.

O IBC-Br não deve ser confundido com o Produto Interno Bruto (PIB), que é o indicador oficial da economia brasileira. Enquanto o PIB é a soma de todos os bens e serviços finais produzidos pelo país, o IBC-Br fornece uma visão mais ampla da atividade econômica, sendo um importante indicador antecedente do PIB. A próxima divulgação do PIB, com os resultados do primeiro trimestre de 2024, está prevista para o dia 4 de junho.

Banco CentralEconomiaO BrasilianistaPIB (Produto Interno Bruto)selic

Usamos cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Ao clicar em "Aceitar", você concorda com o uso de cookies. Aceitar Saiba mais