Início » Atividade da indústria da construção cai em julho
DestaqueEconomiaNotícias
A+A-
Reset

Atividade da indústria da construção cai em julho

A Confederação Nacional da Indústria (CNI) divulgou, nesta sexta-feira (18), que o nível de atividade da indústria de construção caiu 1,2 ponto em julho em relação ao mês anterior, atingindo 48,7 pontos. O índice é baseado na falta de confiança dos empresários do setor e percepção de piora das condições atuais no último semestre.  

O indicador de número de empregados da indústria de construção também recuou para 49,7 pontos, mas está 3,6 pontos superior à média histórica dos meses de julho. A atividade da indústria é medida considerando o patamar de 50 pontos, que indica confiança do setor. 

Segundo o gerente de Análise Econômica da CNI, Marcelo Azevedo, o mês de julho é caracterizado como um período de desaceleração. “Os dados mostram que o momento não é negativo. A indústria da construção tem sido resiliente. A tendência é que o cenário melhore à medida que as reformas, como a tributária avance e o novo PAC se concretize”, afirmou o gerente de análise econômica da Confederação, Marcelo Azevedo. 

Já em agosto, o Índice de Confiança do Empresário Industrial da construção atingiu os 56,4 pontos, pela primeira vez desde dezembro de 2022, com avanço de 2,7 pontos. Esse crescimento ocorreu pela melhora do Índice de Condições Atuais, que na passagem para agosto entrou em campo positivo. 

Os dados são da pesquisa Sondagem Indústria da CNI em parceria com a Câmara Brasileira da Indústria da Construção. Foram entrevistados 348 empresários entre 1º e 9 de agosto.

Usamos cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Ao clicar em "Aceitar", você concorda com o uso de cookies. Aceitar Saiba mais

-
00:00
00:00
Update Required Flash plugin
-
00:00
00:00