Início » Apresentadas propostas para o leilão de todos os 15 aeroportos da sétima rodada
DestaqueGovernoNotícias
A+A-
Reset

Apresentadas propostas para o leilão de todos os 15 aeroportos da sétima rodada

Todos os blocos da sétima rodada de concessões de aeroportos receberam propostas, afirmou o ministro da Infraestrutura, Marcelo Sampaio, em suas redes sociais.

Serão leiloados na quinta-feira (18) 15 aeroportos divididos em três blocos, nas regiões Norte, Sudeste e Centro-Oeste na Bolsa de São Paulo (B3), a partir das 14h.

Com propostas para todos os blocos, ficou afastado o risco de um leilão “vazio” (sem interessados). A entrega de ofertas foi realizada ontem “Informo que temos proposta para todos os blocos da 7ª rodada de concessão de aeroportos”, escreveu o ministro, sem detalhar quantas ofertas foram apresentadas e quem são os grupos interessados. A Inframérica, por exemplo, controlada pelo grupo argentino Corporación América, e que administra o aeroporto JK em Brasília, desistiu de entregar propostas para o leilão.

Nesta rodada será leiloado um dos mais atrativos aeroportos do país, o de Congonhas, localizado no meio da cidade de São Paulo. O lote encabeçado por Congonhas, é o mais aguardado pelo mercado, abrange mais dez ativos – localizados em Minas Gerais, Mato Grosso do Sul e no Pará.

Os outros dois blocos são o Norte, que inclui os aeroportos de Belém e Macapá, e o destinado à aviação executiva, com Campo de Marte (São Paulo) e Jacarepaguá (Rio).

No leilão de quinta-feira, vencerá quem oferecer o maior valor de outorga fixa para cada lote. Além desse pagamento inicial, os novos concessionários deverão desembolsar outorgas variáveis ao longo dos 30 anos de contrato.

No bloco liderado por Congonhas, o montante mínimo de outorga foi definido em R$ 740 milhões. Ao todo, estão previstos investimentos de R$ 5,9 bilhões no lote. No bloco Norte, o valor mínimo da outorga é de R$ 56,9 milhões, e os investimentos foram projetados em R$ 875 milhões.

No lote de aviação executiva, a outorga mínima é de R$ 141,4 milhões, e os investimentos previstos somam R$ 552 milhões. Ao todo, os aeroportos da sétima rodada somaram 30 milhões de embarques e desembarques em 2019, segundo a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

Usamos cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Ao clicar em "Aceitar", você concorda com o uso de cookies. Aceitar Saiba mais

-
00:00
00:00
Update Required Flash plugin
-
00:00
00:00