Início » Comissão vai ouvir ministra da Saúde sobre gestão de hospitais federais no RJ

Comissão vai ouvir ministra da Saúde sobre gestão de hospitais federais no RJ

A+A-
Reset
Câmara dos DeputadosCongresso
Zeca Ribeiro / Câmara dos Deputados
Bia Kicis, presidente da comissão, questiona a compra de medicamentos sem registro

A Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara dos Deputados vai se reunir, na próxima quarta-feira (9), com a ministra da Saúde, Nísia Trindade, para discutir, entre outros assuntos, a situação do sistema de saúde no Rio de Janeiro e a aquisição de vacinas.

A reunião foi motivada por requerimentos apresentados por oito deputados: Marcos Tavares (PDT-RJ), Carlos Jordy (PL-RJ), Bia Kicis (PL-DF), Aureo Ribeiro (Solidariedade-RJ), Evair Vieira de Melo (PP-ES), Junio Amaral (PL-MG), Carla Zambelli (PL-SP) e Adriana Ventura (Novo-SP).

Marcos Tavares cobra esclarecimentos sobre as providências adotadas pelo ministério para solucionar problemas apresentados nos hospitais públicos federais na cidade do Rio, referências em tratamento de casos de alta complexidade: Hospital do Andaraí, Hospital Cardoso Fontes, Hospital de Ipanema, Hospital Federal da Lagoa, Hospital dos Servidores e Hospital de Bonsucesso.

Segundo ele, uma vistoria recente do Ministério da Saúde detectou uma série de problemas, como “falta de equipamentos básicos; equipamentos sucateados; fechamento de emergências, centros cirúrgicos pediátricos e adultos, salas de pequenas cirurgias, unidades coronarianas e leitos, inclusive leitos de terapias intensivas e semi-intensivas e falta de profissionais”, disse.

Bia Kicis registrou em seu requerimento a necessidade de explicações sobre compra de remédios sem registro da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Como exemplo, ela citou a compra emergencial de imunoglobulina e de insulina de laboratórios chineses, sem registro no órgão.

Já Carlos Jordy pretende questionar a ministra sobre denúncias envolvendo a gestão do Hospital Federal de Bonsucesso, acusada de ter provocado a morte de cinco pacientes por mal atendimento. “A situação é grave e tem que ser tratada com prioridade, uma vez que pacientes estão morrendo por ausência de tratamento e outros estão deixando de receber o devido tratamento em unidades especializadas em alta complexidade, devido aos problemas encontrados e à ausência de leitos disponíveis”, afirmou.

A reunião está marcada para as 10 horas, no plenário 9.

Confira a pauta da reunião

Fonte: https://www.camara.leg.br/noticias/982723-comissao-vai-ouvir-ministra-da-saude-sobre-gestao-de-hospitais-federais-no-rj/

Câmara dos Deputados

Usamos cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Ao clicar em "Aceitar", você concorda com o uso de cookies. Aceitar Saiba mais