Os preços da gasolina, do diesel e do etanol voltaram a recuar nos postos de combustíveis nesta semana, de acordo com dados da Agência Nacional do Petróleo (ANP) divulgados nesta sexta-feira (22).
De acordo com o levantamento da agência, o preço médio do litro da gasolina caiu de R$ 6,07 para R$ 5,89, diminuição de 3%. Trata-se do menor patamar desde a semana encerrada em 14 de agosto do ano passado (R$ 5,866). O valor máximo encontrado nos postos foi R$ 7,75.
Foi a quarta semana seguida de queda acentuada do preço da gasolina. Nesse período, o recuo acumulado é de 20%. O valor médio do litro do diesel passou de R$ 7,48 para R$ 7,44, redução de 0,5%. O valor mais alto encontrado pela agência foi R$ 8,99.
No mês passado, os preços do litro do diesel e da gasolina alcançaram os maiores valores nominais pagos pelos consumidores para os combustíveis desde que a ANP passou a fazer levantamento semanal de preços, em 2004.O diesel teve queda acumulada de apenas 1,7%, desde que os preços dos derivados começaram a cair.
O preço médio do etanol passou de R$ 4,41 para R$ 4,32, queda de 2%. É o menor patamar desde a semana encerrada em 10 de julho do ano passado (R$ 4,273). Apesar da média, o levantamento chegou a encontrar oferta do etanol pelo máximo de R$ 7,89.
A ANP coletou preços em mais de 5 mil postos de combustíveis no Brasil. O preço final dos preços dos combustíveis nas bombas depende não só dos valores cobrados nas refinarias, mas também de impostos e das margens de lucro de distribuidores e revendedores.

Autor

  • Jornalista, formado pela UFMG, em 1973. Trabalhou em O Globo, Jornal do Brasil, Jornal de Brasília, Folha de S. Paulo, Assessoria de Imprensa do Ministério da Fazenda e sub-secretário de Imprensa e Divulgação da Presidência da República (1994 a 2003) e integrante da Assessoria Parlamentar da ANTT (2015-2021).