Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

Entre os dias 10 e 12 de maio, o Senado analisa o nome de autoridades indicadas pelo Executivo. Das 30 indicações, 13 estão prontas para deliberação do Plenário e 17 dependem de análise de comissões. Além de embaixadores, se destacam:

  • João Carlos de Andrade Uzêda Accioly para Comissão de Valores Mobiliários (CVM). Mestre em economia e professor universitário, Accioly foi Secretário do Desenvolvimento da Indústria, Comércio e Inovação em 2021, e de Assessor da Secretaria de Produtividade e Competitividade do Ministério da Economia. A indicação será analisada pelo Plenário.
  • João Paulo Santos Schoucair para o Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Promotor de Justiça do Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA), o indicado é mestre em Segurança Pública e trabalha no Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado do MP-BA. Indicação pendente no Plenário.
  • Jayme Martins de Oliveira Neto para o Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP). Mestre em direito e coordenador da Escola Paulista de Magistratura, Jayme é juiz na 4a Câmara de Direito Público do Estado de São Paulo. Precisa ser aprovado pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ).

Outros cargos serão votados, entre eles dos representantes na Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPP) e na Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) e os cargos de Ouvidoria-Geral e Diretor na Agência Nacional do Cinema (Ancine), que precisam da aprovação da Comissão de Relações Exteriores (CRE) e da Comissão de Educação (CE), respectivamente.