Foto: Wilson Dias/Agência Brasil

Dois parlamentares do União Brasil são cotados para assumir a presidência da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara, o principal colegiado da Casa. A vaga está entre Juscelino Filho, eleito pelo Maranhão, e Arthur Maia, deputado pela Bahia. A expectativa é de que a escolha seja feita internamente para que haja consenso quando for realizada a eleição para o comando das comissões.

O acordo selado com os partidos foi de que a vaga da CCJ seria destinada à maior bancada da Casa, na época, o PSL. Mas com a fusão do partido ao DEM, formando o União Brasil, agora a vaga fica com a legenda comandada por Luciano Bivar.

A então presidente da comissão Bia Kicis deixará a presidencia da comissão, pois a cada ano é preciso fazer a troca de comando. Além disso, a deputada trocou o União Brasil pelo PL, partido do atual presidente da República, Jair Bolsonaro.

A expectativa é de que a escolha seja concretizada na primeira semana de abril, após a janela partidária, que se encerra no próximo dia 2.

 

Autor

  • Editora-chefe na Arko Advice, desde fevereiro de 2022. Antes, atuou como repórter de política na CNN Brasil. Foi correspondente internacional em Nova Iorque pela Record TV. Atua em redação há 18 anos.