Fábricas de Fertilizantes Nitrogenados - fabricação de uréia granulada, unidade de Camaçari (BA). Foto: Agência Petrobras

De acordo com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), a empresa Canpotex, que exporta o potássio das duas principais mineradoras do Canadá, pretende aumentar o volume de vendas ao Brasil para além de 4 milhões de toneladas por ano. “Seguimos conversando com diversos fornecedores para que o nosso agro continue garantindo a segurança alimentar para o Brasil e o mundo”, destacou Tereza Cristina

O encontro aconteceu, nessa segunda-feira (14), com representantes de empresas de fertilizantes do Canadá para debater o atual momento por qual passa o setor, com a redução das exportações dos insumos da Rússia e Bielorrussia.

A ministra também se reuniu com os presidentes das empresas Brasil Potash, Gensource, Nutrien, e Fertilizer Canadá, além do Vice-Ministro da Agricultura do Canadá, Paul Samson. Nos encontros, a ministra falou sobre a importância do potássio para a produção de alimentos no Brasil. Tereza Cristina convidou as empresas a investir em projetos no Brasil.

Importação de carne bovina e suína

Ainda na viagem, o MAPA anunciou que com a abertura do mercado canadense para os produtores brasileiros, o Brasil ultrapassou a marca de 200 novos mercados externos para produtos agropecuários abertos desde o início de 2019.

“Tendo presente que o Canadá não tem imposto de importação para suínos, esse é um mercado que pode ir além do market share basileiro. No caso de carne bovina, existe uma alíquota de cerca de 26,5% de importação, mas podemos ter acesso àquele mercado via uma quota da OMC de 76,4 mil toneladas, com tarifa de 0%”, afirmou o secretário de Comércio e Relações Internacionais do Ministério da Agricultura, Orlando Leite Ribeiro.

 

Colaborou: Daniel Marques

Autor