Da esquerda para a direita: governador de Pernambuco, Paulo Câmara; presidente do PSB, Carlos Siqueira; presidente do PT, Gleisi Hoffmann; e deputado federal Paulo Teixeira. Foto: PSB/Divulgação

Em reunião sobre a federação partidária entre PT, PSB, PCdoB e PV, o presidente nacional do Partido Socialista Brasileiro (PSB), deputado Carlos Siqueira, apresentou documento em que faz seis sugestões discutidas dentro da bancada como forma de consolidar a federação. A novidade está na garantia de veto a propostas que tenham ao menos 15% dos votos da assembleia da Federação. O objetivo é assegurar ao PSB mais voz dentro da federação. 

Enquanto isso, o último item do documento sugere que a maioria qualificada dos votos na assembleia corresponda a quatro quintos de seus membros. 

O presidente do PSB justificou que o documento sugere melhorias de regras que dizem respeito à formação da federação partidária. O debate realizada na sede do PSB, nesta quinta-feira (10).

Autor

  • Jornalista pela Universidade Católica de Brasília. Nascida em Brasília-DF, tem passagem como repórter na Rádio Senado. No site O Brasilianista cobre política e economia.