Governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB). Foto: Gustavo Mansur/ Palácio Piratini

Importantes empresários gaúchos ofereceram, ontem (9), em Porto Alegre (RS), um jantar para o governador do Rio Grande do Sul (RS), Eduardo Leite (PSDB). Estiveram presentes no evento nomes como José Gallo, Bruno Zaffari, Carla Tellini, Dody Sirena e Gilberto Petry.

Em nome desses empresários, o coordenador de Meio Ambiente da Farsul, Domingos Velho, elogiou a gestão Eduardo Leite enaltecendo as reformas, privatizações, o fim da majoração das alíquotas do ICMS, e o pagamento em dia dos salários do funcionalismo público após 57 meses de atraso.

Mais do que isso, os empresários querem que Leite concorra à reeleição. “Ao mesmo tempo em que lhe agradecemos, queremos pedir. Sim, queremos pedir que o senhor lidere o processo de sucessão ao governo do Rio Grande do Sul. Não podemos e não queremos voltar a um período de incertezas e de desânimo. Gostaríamos de pedir abertamente, em alto e bom som, que o senhor reconsiderasse a decisão de não concorrer à reeleição”, afirmou Domingos Velho.

Diante do impasse em torno da definição do candidato governista que disputará o Palácio Piratini em outubro, cresce nos bastidores, principalmente junto ao setor empresarial, a pressão para que Eduardo Leite reveja seu posicionamento de não concorrer a um novo mandato. Além dessa possibilidade, também ocorrem movimentos do PSD, através do presidente nacional do partido, Gilberto Kassab, para que Leite se filie ao partido e concorra à Presidência da República.