Foto: Flickr/MCTIC

O governo federal anunciou nessa segunda-feira (7) que o Brasil participará oficialmente do Global Entry, programa do governo americano de liberação rápida no controle de passaporte por meio de cadastro prévio. O programa facilita a entrada de imigrantes brasileiros e a liberação rápida no controle de passaporte nos Estados Unidos por meio de um cadastro prévio.

“O ingresso do país no programa Global Entry se enquadra em esforço por promover maior integração entre as economias do Brasil e dos Estados Unidos. A facilitação de viagens em ambos os sentidos é considerada medida eficaz de fomento não apenas do turismo, mas também dos negócios e dos investimentos”, diz nota do governo.

Em suas redes sociais, o ministro-chefe da Casa Civil, Ciro Nogueira, comemorou a entrada oficial do país no programa. “O Brasil agora faz parte do programa Global Entry, que vai conceder entrada facilitada a brasileiros nos EUA. Essa medida vai estimular contatos empresariais, interação acadêmica e turismo, além de fortalecer as relações entre os nossos dois países”, escreveu o ministro.

Para a adesão ao Global Entry, é necessário que brasileiros com visto americano devem acessar o site do programa para fazer a inscrição, pagar a taxa no valor de US$ 100 e se submeter à checagem de antecedentes feita previamente pelas autoridades brasileiras e, em seguida, pela Alfândega e Proteção de Fronteiras dos Estados Unidos.

As negociações foram coordenadas pelo Ministério da Casa Civil e contou com o auxílio do Ministério das Relações Internacionais, Ministério da Justiça e Segurança Pública, Ministério da Economia, Receita Federal e Polícia Federal.