Tesouro Direto: investidores poderão fazer resgate antecipado
Foto: Gilson Abreu/AEN

Em nota divulgada nesta quinta-feira (27), o Banco Central informou que as consultas ao Sistema Valores a Receber (SVR) só serão retomadas em 14 de fevereiro. O sistema permite que pessoas físicas e jurídicas possam consultar valores em contas encerradas.

“O BC informa que, a partir de 14/02/2022 , o cidadão poderá consultar se tem algum valor a receber. Em caso positivo, será imediatamente informado sobre a data em que poderá solicitar a transferência dos recursos para sua conta. Essas solicitações de transferências poderão ser agendadas a partir de 07/03/2022 , na data informada pelo sistema”, diz a instituição.

O Banco ressalta que não há risco de prescrição ou perda dos recursos, que serão guardados pelas instituições financeiras à espera de seus proprietários. O BC ainda faz um alerta sobre as tentativas de golpe.

“O BC não entra em contato com os cidadãos. Qualquer informação sobre valores a receber só poderá ser obtida a partir de 14/02/2022 . A solicitação de resgate no SVR será feita por meio de usuário e senha e os recursos serão transferidos diretamente das instituições financeiras para os cidadãos, que não devem fazer qualquer depósito prévio a qualquer pessoa ou instituição”, diz o texto.

SVR fora do ar

A ferramenta entrou em funcionamento na última segunda-feira (24), mas somente neste dia a quantidade de acessos foi 20 vezes maior do que em um dia de alto volume, e 50 vezes maior que um dia normal, segundo o BC. Na terça-feira (25), o Banco Central tirou do ar o sistema que permite a consulta a valores devidos por bancos a pessoas e empresas.

“O lançamento do Sistema Valores a Receber (SVR) gerou demanda de acessos muito acima da esperada, o que provocou instabilidade em sua página e também nos sites do BC, do Registrato e Minha Vida Financeira. Para estabilizar esses sites, o BC suspendeu temporariamente o acesso ao SVR”, disse o Banco.

Mesmo com a instabilidade no sistema, 79 mil cidadãos conseguiram acessar entre segunda e terça-feira e concluir 8,5 mil solicitações de devolução, confirmou o BC.


Autor