Lula e Bolsonaro

O Ipespe também divulgou uma pesquisa sobre a sucessão de 2022. O ex-presidente Lula (PT) lidera. Em segundo lugar está o presidente Jair Bolsonaro (PL). E os ex-ministros Sergio Moro (Podemos) e Ciro Gomes (PDT) despontam hoje como os nomes mais bem posicionados da terceira via.

No primeiro cenário simulado pelo Ipespe, Lula tem 44% das intenções de voto. Bolsonaro está em segundo lugar com 24%. Em seguida aparecem Moro (9%) e Ciro (7%), que estão tecnicamente empatados. O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), tem 3%. O cientista político Luiz Felipe D’Ávila (Novo) e o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), têm 1% das intenções de voto cada um. Brancos, nulos e indecisos somam 12%.

Na segunda simulação, Lula tem 43%. Em seguida aparecem Bolsonaro (23%), Moro (9%), Ciro (7%) e Doria (3%). Cabo Daciolo (Brasil 35), a senadora Simone Tebet (MDB), o senador Alessandro Vieira (Cidadania), Pacheco e D’Ávila têm 1% das intenções de voto cada um. Brancos, nulos e indecisos somam 9%.

Vantagem para Lula no 2º turno

Nas simulações de segundo turno, Lula venceria todos os potenciais adversários: Bolsonaro (53% a 31%), Moro (52% a 33%), Ciro (52% a 25%) e Doria (53% a 22%). Além de hoje perder para Lula, Bolsonaro também seria derrotado por Ciro (44% a 33%) e Doria (43% a 36%).

Apesar da vantagem de Lula na pesquisa – o ex-presidente, mantido o atual o cenário, tem percentuais até mesmo para sonhar com uma vitória em primeiro turno – este cenário não é definitivo.

De acordo com o Ipespe, embora 65% dos entrevistados afirmem que sua decisão de voto é definitiva. Outros 33% disseram que ainda podem mudar o voto até a o dia da eleição. Entre os motivos que podem levar o eleitor a mudar de voto foram citados: “caso apareça outro candidato” (19%); denúncias de corrupção (19%); e mudança de posicionamento político e propostas (18%). Além disso, no cenário espontâneo, 23% dos eleitores ainda estão indecisos.

Apesar de possíveis mudanças no cenário, o cenário-base continua sendo a polarização entre Lula x Bolsonaro. O ex-presidente e o presidente somam quase 70 % das intenções de voto nos cenários estimulados e 58% na espontânea.


Cliente Arko fica sabendo primeiro

Assine o Arko Private, serviço Arko para pessoa física, e tenha acesso exclusivo a um canal privado de interatividade e alertas em tempo real, além de relatórios, Lives Exclusivas e eventos especiais com figuras notáveis da nossa rede de contatos.