Comissão Parlamentar de Inquérito destinada a investigar a atuação da Fundação Nacional do Índio (FUNAI) e do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA) na demarcação de terras indígenas e de remanescentes de quilombos - Audiência Pública para tomada de depoimento do Consultor Legislativo da Câmara dos Deputados Tarcísio Gomes de Freitas. Luis Macedo/ Câmara dos Deputados

À comitiva oficial do presidente Jair Bolsonaro no dia do Brasil na ExpoDubai, no domingo, juntou-se a delegação do ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, que realiza roadshow em países da Europa e do Oriente Médio para apresentar ativos do setor de infraestrutura, dando sequência à programação iniciada em outubro nos Estados Unidos.

Na apresentação feita para os fundos soberanos da região, o ministro deu ênfase especial ao programa de privatização do porto de Santos, cujo leilão está previsto para o ano que vem. Citou também o processo de privatização da Docas do Espírito santo, cujo processo encontra-se em análise no TCU e é tido como piloto para o que se pretende fazer em Santos.

Os principais atrativos apresentados pelo ministro nesse tour são os aeroportos de Congonhas (SP) e do Santos Dumont (RJ), além do porto de Santos (SP), previstos para serem leiloados no ano que vem. O programa inclui: o bloco de rodovias do Paraná (ver nota de abertura); as BRs 381/262 (MG-ES), cujo leilão está programado para o dia 20 do próximo mês; e a BR-116/493, Rio de Janeiro-Governador Valadares (MG), a ser leiloada em 2022.

Na terça-feira passada, em Paris, um encontro com embaixadores dos países membros da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) marcou a primeira parte do roadshow. Em Milão, na Itália, Tarcísio de Freitas se reuniu com operadores que já atuam no Brasil em aeroportos e rodovias.

Antes de seguir para os Emirados Árabes, o ministro fez apresentação para investidores em Madri, durante dois dias de reuniões. “Saímos daqui com a certeza de que esses operadores, e muitos deles já estão presentes no Brasil, vão continuar brigando pela batida de martelo nos próximos leilões”, afirmou. A Espanha é o segundo país com o maior número de investidores em infraestrutura de transportes no Brasil.

O maior arrendamento

Na sexta-feira, seis terminais portuários vão a leilão, com destaque para o maior leilão de arrendamento da história, com duas áreas destinadas a combustíveis no porto de Santos (STS08 e STS08A), com estimativa de quase R$ 1 bilhão de investimentos.

Na exposição que fez em Dubai, o ministro Tarcísio de Freitas disse que o Brasil quer o investimento privado para o incremento da logística portuária. “A parceria com a iniciativa privada é fundamental para transformar o país e é por isso que temos o maior programa de concessões do mundo, sem dúvida nenhuma”. Estão programadas novas conversas com os fundos árabes amanhã.


Cliente Arko fica sabendo primeiro

Assine o Arko Private, serviço Arko para pessoa física, e tenha acesso exclusivo a um canal privado de interatividade e alertas em tempo real, além de relatórios, Lives Exclusivas e eventos especiais com figuras notáveis da nossa rede de contatos.