Foto: Juliano Ribeiro/Governo do Tocantins

O governo federal reduziu em 10% as alíquotas do imposto de importação de cerca de 87% das mercadorias que o Brasil compra do exterior. A redução está em linha com a revisão da Tarifa Externa Comum (TEC) do Mercosul, que o governo negocia com o bloco. A redução das alíquotas de importação valerá até dezembro de 2022 e foi publicada nesta sexta-feira (5/11) pelo Ministério da Economia.

Em nota conjunta, os ministérios da Economia e das Relações Exteriores afirmaram que a medida justifica-se pela situação de urgência causada pela pandemia de covid-19. O Brasil também negocia a redução da TEC do Mercosul. O acordo firmado com a Argentina, Uruguai e Paraguai corta em 10% a tarifa de 87% do universo tarifário. 

Para o ministro da Economia, Paulo Guedes, o momento ideal para o país reduzir as tarifas de importação e ampliar a integração comercial com o resto do mundo. Durante uma palestra na Conferência de Comércio Internacional e Serviços do Mercosul ele afirmou que a importação pode ajudar a conter o aumento de preços no Brasil.


Cliente Arko fica sabendo primeiro

Assine o Arko Private, serviço Arko para pessoa física, e tenha acesso exclusivo a um canal privado de interatividade e alertas em tempo real, além de relatórios, Lives Exclusivas e eventos especiais com figuras notáveis da nossa rede de contatos.