Ministros do G20 divulgam declaração identificando 12 ações para acelerar a transformação digital
Foto: iStock/Getty Images

O Brasil ocupa o 7° lugar no ranking do Banco Mundial que avalia países com maturidade em Governo Digital. O resultado foi medido no GovTech Maturity Index 2020, uma lista que avalia o estado da transformação digital do serviço público em 198 países pelo mundo.

Nas Américas, o Brasil é o primeiro do ranking, acima de Estados Unidos e Canadá. Entre os 10 primeiros, o país é o único país com mais de 100 milhões de habitantes. A classificação é justificada pelo avanço da plataforma GOV.BR, que permite o acesso único a serviços digitais e facilita o relacionamento do cidadão com o governo.

A plataforma tem cerca de 115 milhões de usuários, ou seja, mais da metade da população brasileira – em janeiro de 2019, o número era de 1,8 milhão. O secretário de Desburocratização, Gestão e Governo Digital do Ministério da Economia, Caio Mario Paes de Andrade, comemorou o afirmando que a conquista é resultado do empenho de todos no combate à burocracia.

O Índice de Maturidade GovTech do Banco Mundial avaliou 198 economias globais sob quatro aspectos: suporte aos principais sistemas de governo; aprimoramento da prestação de serviços; integração do engajamento do cidadão, e incentivo às habilidades digitais das pessoas no setor público, ao regime legal e regulatório apropriado, à capacitação e à inovação.

O Brasil demonstrou avanços nas quatro áreas e superou a média dos chamados ‘líderes em GovTech’ em todos os itens avaliados. Apenas 43 nações obtiveram desempenho considerado ‘muito alto’ pelo Banco Mundial.

À frente do Brasil, estão Coreia do Sul, Estônia, França, Dinamarca, Áustria e Reino Unido.


Cliente Arko fica sabendo primeiro

Assine o Arko Private, serviço Arko para pessoa física, e tenha acesso exclusivo a um canal privado de interatividade e alertas em tempo real, além de relatórios, Lives Exclusivas e eventos especiais com figuras notáveis da nossa rede de contatos.