A Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq) publicou no Diário Oficial de terça-feira (14/9) passada o maior arrendamento de área portuária no país, no porto de Santos. São dois terminais, destinados à movimentação, armazenagem e distribuição de granéis líquidos e gasosos, especialmente combustíveis, que deverão receber investimentos da ordem de R$ 938,9 bilhões. O leilão será em 19 de novembro.

Com cerca de 297.349 metros quadrados, o terminal STS08A tem investimento previsto de R$ 678,3 milhões durante a duração do contrato. Mais R$ 1,3 bilhão serão destinados a gastos operacionais pelo vencedor do leilão de concessão. Já o terminal STS08, com 168.324 metros quadrados, deve receber R$ 260,6 milhões para ter sua infraestrutura melhorada.

Para o secretário nacional de Portos e Transportes Aquaviários, Diogo Piloni, trata-se do maior leilão dos últimos 20 anos no setor portuário. Com aproximadamente R$ 1 bilhão em investimentos, é “de grande importância para o porto de Santos e para todo o mercado de combustíveis, em um momento crucial em que se busca uma política de geração de maior competição nesse mercado”.