O ministro da Advocacia Geral da União, André Mendonça. Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, defendeu nesta quinta-feira (16/9) que a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) realize a sabatina de André Mendonça, indicado para o cargo de ministro do Supremo Tribunal Federal (STF). O presidente da CCJ, senador Davi Alcolumbre (DEM), ainda não agendou uma data.

Pacheco disse que deve conversar com Alcolumbre para resolver a questão. “Obviamente respeitando a autoridade dele como presidente da CCJ. Mas sempre faremos a ponderação do melhor caminho, o caminho de consenso, para podermos resolver essa questão”.

O presidente afastou os rumores de que a sabatina não foi realizada ainda por motivos políticos. Especula-se que Davi Alcolumbre teria preferência por outro candidato à vaga de ministro do STF. “Desconheço essa informação. As razões pelas quais ainda não foi feita a sabatina podem ser muitas, inclusive o fato de que isso exige o esforço concentrado e a presença [dos senadores] em Brasília. É algo complexo, é uma indicação para o STF”, disse.

 


Cliente Arko fica sabendo primeiro

Assine o Arko Private, serviço Arko para pessoa física, e tenha acesso exclusivo a um canal privado de interatividade e alertas em tempo real, além de relatórios, Lives Exclusivas e eventos especiais com figuras notáveis da nossa rede de contatos.